fbpx

Goiás e Bahia empatam em jogo marcado por discussão e expulsões dos treinadores – Esportes


Em um jogo nervoso e cheio de polêmicas, com a discussão entre os dois treinadores, que foram expulsos, Goiás e Bahia empataram por 1 a 1 na noite desta sexta-feira. O confronto direto contra o rebaixamento foi realizado na Serrinha, em Goiânia, e válido pela 16ª rodada do Brasileirão.

O Goiás esteve muito perto de encerrar um jejum de cinco jogos sem vitória, mas sofreu um gol já nos acréscimos. Apesar de ter duas partidas a menos, o time segue na lanterna, com apenas dez pontos conquistados. Já o Bahia chegou aos mesmos 16 pontos do Coritiba, mas deixou a zona de rebaixamento e subiu para a 16ª colocação porque leva vantagem no saldo de gols (-5 contra -7).

O primeiro tempo na Serrinha não teve quase nenhum lance de perigo. Os dois times pareciam com medo de jogar. Em casa, o Goiás teve mais posse de bola, mas só assustou quando Keko arriscou da entrada da área e Douglas fez defesa segura.

Após um cruzamento para dentro da área tricolor, Juninho Capixaba cortou mal e a bola caiu nos pés de Vinícius Lopes. De frente para o gol, o atacante do Goiás furou. Já o Bahia só foi conseguir chegar com perigo aos 43 minutos.

Rossi cruzou rasteiro, Clayson furou na hora da finalização e a bola sobrou para Nino Paraíba, que pegou de primeira e mandou por cima do travessão. Na sequência, Rossi chutou forte pela linha de fundo.

O Goiás voltou com tudo do intervalo e abriu o placar aos cinco minutos. Keko passou para Shaylon, que cruzou rasteiro para Vinícius Lopes só completar, fazendo seu quinto gol no Brasileirão. Em desvantagem, o Bahia acordou.

Rossi passou para Elias finalizar rente ao travessão de Tadeu, que só olhou. Na sequência, o volante recebeu lançamento nas costas da zaga, dominou na marca do pênalti e bateu por cima. Substituído por Fessin, Rossi recebeu o segundo amarelo já do lado de fora e foi expulso.

A situação tricolor ficou ainda pior aos 33 minutos, quando Élber xingou o árbitro após falta não marcada e foi expulso diretamente pelo árbitro. Mesmo com um a menos, o Bahia quase empatou novamente com Elias, mas a finalização foi para fora.

Aos 43, Fessin caiu dentro da área depois de ser chutado por Salazar. O VAR chamou o árbitro, que mesmo assim nada marcou. Durante a análise, Enderson Moreira foi expulso. Na saída do gramado, o treinador do Goiás discutiu com Mano Menezes.

Quando parecia que o time esmeraldino reencontraria o caminho das vitórias, o Bahia empatou aos 49 minutos. Fessin recebeu na entrada da área e bateu colocado sem chances para Tadeu, que ainda tocou na bola.

Os dois times voltam a campo na segunda-feira, às 20 horas, pela 17ª rodada. O Goiás enfrenta o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, e o Bahia recebe o Atlético-MG, no Pituaçu, em Salvador.

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 1 x 1 BAHIA

GOIÁS – Tadeu; Edilson, David Duarte, Fábio Sanches e Caju; Ariel Cabral (Miguel Figueira), Ratinho (Salazar), Shaylon (Douglas Baggio); Keko (Pintado), Vinícius Lopes e Rafael Moura (Fernandão). Técnico: Enderson Moreira.

BAHIA – Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Elias e Daniel (Marco Antônio); Clayson (Élber), Rossi (Fessin) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

GOLS – Vinícius Lopes, aos 5, e Fessin, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Juninho, Rossi e Lucas Fonseca (Bahia); Fernandão, Rafael Moura, Caju e David Duarte).

CARTÕES VERMELHOS – Rossi, Élber e Mano Menezes (Bahia); Enderson Moreira (Goiás).

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!