fbpx

“Gosto de lembrar todos os dias que sou finita” – Revista JP – Glamurama

Desconhecida há um ano e hoje um sucesso no Instagram com seu humor e estilo, a jornalista e ex-vendedora Thai de Melo Bufrem abre o apartamento em Curitiba e compartilha seus gostos e reflexões

texto Luciana Franca fotos Isabella Glock

Thai de Melo Bufrem surgiu como uma lufada de ar fresco durante a pandemia, quando ficamos isolados, ainda mais conectados e cansados de tantos filtros e fakes nas redes sociais. As postagens que mostram seu estilo apurado, autenticidade e humor – com caras e bocas do cinema mudo e um twist de Almodóvar –, conquistaram mais de 90 mil seguidores no Instagram. Aos 34 anos, a boa-vistense que mora em Curitiba também chama a atenção de muitas marcas, principalmente de moda.

Foi a moda, inclusive, a responsável por revelar seu talento na internet. “Há cinco anos, trabalhava como vendedora e, para vender, comecei a fazer alguns vídeos [dentro do provador, com peças de roupas da loja] no meu Instagram que, até o ano passado, era fechado e com 300 seguidores”, conta ela, formada em jornalismo. “Passei a fazer vídeos sobre as coisas do dia a dia e questionamentos sobre a maternidade. Foi então que minhas amigas falaram que eu tinha que abrir meu Instagram. Era uma brincadeira que virou coisa séria.”

Thai é mãe de dois meninos, Marcelo e Lorenzo, que muitas vezes estão em cena com ela e ambos são chamados pelo codinome MarceLorenzo. Já o marido, Marcelão, quase nunca dá as caras nas redes. “É muito tímido e desavisado porque casou comigo, que tenho 1,80 metro de altura e, por isso, sempre tive uma vida pública”, brinca.

HUMOR SALVA? Humor facilita. Humor vem do que não dá certo. É um bálsamo que deveria fazer parte da rotina de skincare.

NA MINHA GELADEIRA SEMPRE TEM… muitas pessoas, sentimentos e pensamentos que não fazem mais sentido.

MEU AMULETO É… a moda. É impressionante o poder que o vestir tem sobre meu dia, sobre meu humor, sobre como me percebo e, por fim, me expresso.

PARA PREENCHER A ALMA… ioga, sempre.

AS PESSOAS SE SURPREENDEM COMIGO QUANDO… descobrem que eu faço meus roteiros, tenho minhas ideias sozinha, gravo meus vídeos e faço as legendas do meu Instagram. Elas geralmente acham que eu tenho uma equipe para isso.

HÁ UM ANO EU… não imaginava que estaria aqui, respondendo essa pergunta, nesta revista que gosto muito! Eu estava trabalhando como gerente em uma loja no Shopping Iguatemi, em São Paulo, e meus filhos e marido morando em Curitiba.

DAQUI UM ANO EU… continuarei vivendo o resultado das minhas escolhas, assim como faço hoje. Se estiver viva, claro! Gosto de lembrar todos os dias que sou finita. Me ajuda a viver de forma mais consciente e aproveitar o agora.

NO MEU ESTILO PESSOAL NÃO PODE FALTAR… sapato sem salto ou com pouquíssimo salto. Acho muito elegante “descer do salto”.

OBJETO QUE NUNCA VOU ME DESFAZER… “nunca” é muito tempo, e acho que tudo na vida tem um tempo de início, meio e fim.

MAIOR CONSELHO QUE RECEBI NA VIDA: Meu pai me falava: “Quem manda é quem assina o cheque”. Ele tinha razão. A liberdade financeira proporciona muitas outras liberdades.

MEU APPS FAVORITOS SÃO… Spotify e Shazam, para descobrir músicas que escuto em algum lugar e quero identificar de quem é. Amo música!

MÚSICA QUE TENHO OUVIDO NO REPEAT: “Meia Lua Inteira”, do Caetano Veloso

MEUS FILHOS SE PARECEM COMIGO QUANDO… Filhos? Eu não tenho filhos. Tenho clones!

BATOM VERMELHO… Sempre que tenho vontade – e quase sempre tenho vontade.

MEU SEGREDO DE BELEZA É… viver da forma que me faz sentido hoje e não da forma que as pessoas querem que eu viva. E uma boa dermatologista, claro.

DESTINO INESQUECÍVEL: Trancoso sempre está nas minhas memórias mais felizes. Casei lá há 11 anos e, desde então, vou anualmente.

LUGAR ONDE MAIS GOSTO DE ESTAR: como uma boa leonina, eu amo o centro: da cidade, das atenções e, principalmente, estar no meu centro.

NÃO PERCO UM EPISÓDIO DE: The Crown.

TENHO UMA COLEÇÃO DE… boas histórias!

MELHOR LIVRO DE TODOS OS TEMPOS: ‘A Coragem de Ser Imperfeito’, de Brené Brown.

ME DESLIGO QUANDO… enfrento uma barra. Seja na vida, ou na de Access.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229″;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais