Governador diz que Fórmula 1 será no Rio de Janeiro a partir de 2021 – Esportes


Wilson Witzel (PSC-RJ) disse nesta segunda-feira (24) que o GP do Brasil de Fórmula 1 está prestes ao voltar Rio de Janeiro. O governador do Estado garantiu que a prova será realizada a partir de 2021, em autódromo ainda a ser construído.


Witzel confirmou a nova sede para o calendário da principal categoria do esporte motor ao chegar em uma reunião no Palácio do Planalto, onde também estiveram o CEO da Liberty Media, grupo que administra a F-1, Chase Carey. Ao lado dos dois, JR Pereira, CEO do Rio Motorsports, que venceu a concorrência para a construção de um autódromo em Deodoro, na capital fluminense.


Após a reunião, o presidente Bolsonaro comentou a mudança. 


— Ninguém está tirando a Fórmula 1 de SP. Ela está permanecendo no Brasil. 


Chase Carey, diretor-executivo da F-1, agradeceu o empenho do governo. 


— Nós temos um contrato que termina  em 2020 e estamos vendo a possibilidade de continuar no Brasil. 


Segundo o executivo, os organizadores da Fórmula 1 buscam oferecer um espetáculo monumental, que atraia uma torcida maior do que já tem. Hoje, o esporte atrai 1 bilhão de torcedores. Carey acrescentou que quer usar a Fórmula 1 para desenvolver o potencial das cidades.


— No momento, não temos nada fechado. Estamos em negociação.


A Fórmula 1 já foi disputada em território carioca no ano de 1978 e entre os anos de 1981 e 1989, no antigo autódromo de Jacarepaguá, demolido para a construção do parque olímpico do Rio.


Nos anos em que foi disputado na cidade maravilhosa, o Grande Prêmio do Brasil teve como maior vencedor o francês Alain Prost, sendo Nelson Piquet o único brasileiro a vencer em terras fluminenses, nos anos de 1983 e 1986.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: