fbpx

Governo Bolsonaro terá 10 dias para explicar por que monitorava 579 opositores

Presidente Jair BolsonaroAgência Brasil

Em ofício ao governo federal, o procurador regional dos Direitos do Cidadão Enrico Rodrigues de Freitas, que atua no Rio Grande do Sul, deu prazo de dez dias para que sejam fornecidas informações como a base legal que justificou a apuração, a indicação do objeto do relatório de inteligência e a motivação de sua instauração.

A existência do relatório foi revelada na semana passada pelo colunista Rubens Valente, do Uol. O dossiê lista 579 servidores federais e estaduais da área de segurança e professores de todas as regiões do país identificados como integrantes do movimento antifascismo.

Leia mais…

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!