fbpx

Governo deve liberar saque de contas do FGTS esta semana

O Governo Federal deve divulgar ainda esta semana, a liberação do saque das quantias presentes no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A previsão é que cerca de R$ 30 bilhões sejam liberados, com o intuito de movimentar a economia brasileira.

A liberação do saque será tanto para trabalhadores com contas ativas ou inativas do fundo. Em 2016, o ex-presidente Michel Temer liberou o saque das contas inativas para a população. Antes da liberação, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o saque só seria liberado caso a Reforma da Previdência fosse aprovada.

Visto que a reforma iniciou seu processo de aprovação, o saque do FGTS deve ser liberado brevemente. Além disso, o ministro ressaltou que o governo Bolsonaro não buscará por truques e mágicas para estimular a economia brasileira, mas sim realizarão sérias reformas para movimentarem o cenário econômico atual.

Movimentação da Economia

De aconto com Guedes, a liberação para os saques dos recursos do FGTS é uma medida que possuía finalidade de movimentar a economia do Brasil. Assim, a expectativa é que os trabalhadores invistam a quantia recolhida do FGTS no mercado. Com isso, é provável que ocorra uma grande movimentação do capital dentro do mercado financeiro brasileiro.

Em 2017, cerca de 25,9 milhões de trabalhadores realizaram o saque de uma quantia próxima a R$ 44 bilhões. Desse modo, a liberação do fundo foi considerado extremamente fundamental para aquecer a economia do ano. Atualmente, o FGTS só pode ser sacado em alguns casos, entre eles:

  • Aposentadoria;
  • Compra da casa própria;
  • Doenças terminais;
  • Demissão sem justa causa;
  • Término de contrato de trabalho.

Veja também: PIS/PASEP e FGTS passarão por mudanças pós-reforma da Previdência.

Segurança Jurídica

Posteriormente a uma reunião realizada com os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Paulo Guedes afirmou que os investidores precisam sentir uma segurança jurídica para investirem dinheiro na economia brasileira. Ademais, Guedes afirmou que sua função como ministro é conversar e esclarecer dúvidas sobre economia.

Dessa forma, o ministro ainda argumentou que o país continuará rico em recursos e pobre devido sua hostilidade aos investimentos, de modo a não conseguir explorar corretamente os recursos que possui.


Fonte: Edital Concursos Brasil

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!