fbpx

‘Governo poderia ter sido mais ágil na questão da vacinação’, diz Pacheco | Brasil

Reprodução

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), disse nesta segunda (1º), em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura
, que faltou “agilidade” por parte do governo federal para assinar contratos e assegurar vacinas contra a Covid-19. No entanto, o senador afirmou confiar nas políticas públicas do  Ministério da Saúde.

“A minha análise agora, nos 30 dias como presidente do Senado, é que nós temos uma realidade, a de que o Brasil produz vacina, e que nós temos que permitir o aumento da escala de produção de vacinas e de aquisição pela iniciativa privada para podermos vacinar os brasileiros.

Segundo Pacheco, é preciso trabalhar por meio de soluções concretas para enfrentar a pandemia. Apesar de reforçar que confia e colabora com o Ministério da Saúde, disse que “não concorda com tudo”.

“Eu confio no que disse o ministro da Saúde, na apresentação que ele nos fez de que teremos 25 milhões de doses em março, e em abril teremos 45 milhões de doses só com Fiocruz e Butantan. Eu tenho que me apegar nisso, nas políticas públicas reais que vão resolver o problema”, complementou.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais