fbpx

Há 78 anos, estreia de Leônidas em Majestoso levou mais de 70 mil ao Pacaembu

A Gazeta Esportiva usou pela primeira vez o termo “Majestoso” em 1942

Logo aos três minutos da segunda etapa, Servílio deixou o clube alvinegro mais uma vez à frente. No entanto, o Tricolor Paulista conseguiu a virada com Luizinho e Teixeirinha. Faltando dois minutos para o apito final, Servílio voltou a balançar as redes e empatou o clássico.

No dia seguinte à partida, o jornal A Gazeta Esportiva deu origem ao apelido do confronto. Por causa do clima do duelo, das reviravoltas, da estreia de Leônidas da Silva e dos mais de 70 mil presentes, foi estampado na capa o título “Choque Majestoso”. A versão abreviada é utilizada até os dias de hoje.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 3 X 3 SÃO PAULO

CAMPEONATO PAULISTA DE 1942 – 1º TURNO

LOCAL: Estádio do Pacaembu, em São Paulo;

DATA: 24 de maio de 1942;

ÁRBITRO: Jorge Gomes de Lima “Joreca”;

PÚBLICO: 71.281 pagantes.

GOLS: Jerônimo e Servílio (2) (Corinthians); Lola, Luizinho e Teixeirinha (São Paulo).

CORINTHIANS: Joel; Agostinho e Chico Preto; Jango, Brandão e Dino; Jerônimo, Milani, Servílio, Eduardinho e Hércules.

TÉCNICO: Rato.

SÃO PAULO: Doutor; Fiorotti e Virgílio; Waldemar Zaclis, Lola e Silva; Luizinho, Waldemar de Brito, Leônidas, Teixeirinha e Pardal. Capitão: Fiorotti.

TÉCNICO: Conrado Ross.


Gazeta Esportiva

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!