fbpx

Haiti anuncia morte e prisão de suspeitos de assassinato do presidente | Mundo

Reprodução

Presidente do Haiti foi assassinado dentro de casa

Na noite desta quarta-feira (7), um porta-voz da polícia do Haiti, Léon Charles, disse que quatro suspeitos de terem participado do assassinato do presidente do país, Jovenel Moise
, foram mortos, e que outros dois foram detidos.

De acordo com ele, três policiais que haviam sido capturados pelo grupo também foram liberados.

Moise foi morto a tiros na residência oficial na madrugada desta quarta
. O óbito foi confirmado pelo primeiro-ministro interino do país, Claudio Joseph, que declarou que o ataque derivou de pessoas estrangeiras, que falavam inglês e espanhol. A primeira-dama de Moise também foi ferida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu. A causa do assassinato ainda não foi revelada e segue sendo investigada.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais