fbpx

Honda explica razão para sair apenas da Fórmula 1 | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

Masashi Yamamoto e Christian Horner

A Honda anunciou há mais de uma semana que vai parar o seu programa de Fórmula 1. Deram a eletrificação e o desenvolvimento de tecnologia neutra em carbono como razão para isso. No entanto, algumas questões surgiram.

O site RaceFans.net perguntou por que as atividades na Fórmula Indy continuariam no momento de imprensa da Honda em Nurburging. Masashi Yamamoto deu então uma explicação clara. “O nosso trabalho na F-Indy é gerido pela HPD, que é uma parte independente da Honda dentro da América”, comentou.

O programa de Fórmula 1, por outro lado, é executado a partir do Japão e de Milton Keynes, onde se encontra a fábrica da Red Bull Racing. Os funcionários que trabalham no projeto F1 serão agora destacados para o desenvolvimento de tecnologia neutra em carbono.

O fato de a própria F1 também ter estabelecido o objetivo de ser neutra para o clima até 2030 não importa, de acordo com Yamamoto. “Dado que a Honda tem clientes em todo o mundo para os seus automóveis, as suas motos e produtos de uso geral, houve a necessidade de mudarmos os nossos engenheiros top numa fase anterior para trabalharem em futuros projetos neutros em carbono”, explicou.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!