Huawei processa Departamento de Comércio dos EUA por equipamentos detidos

A Huawei está processando o Departamento de Comércio dos EUA pela detenção de equipamentos da companhia, que foram impedidos de retornar à China em 2017.

Naquele ano, o órgão americano apreendeu equipamentos de telecomunicações originários da China e que estavam de retorno ao país, que ficaram aguardando a conclusão de uma investigação sobre se as licenças de exportação seriam necessárias.

Os equipamentos, um servidor e um comutador ethernet, tinham sido enviados para testes em um laboratório independente, na Califórnia, pela própria Huawei. Após os testes, eles foram encaminhados de volta ao país de origem, mas foram apreendidos pelo Departamento de Comércio dos EUA em setembro, que ficou de informar à empresa, dentro de 45 dias, se os equipamentos precisariam de licença de exportação. Enquanto isso, a Huawei já tinha enviado a documentação exigida pelo governo americano.

Como até hoje a Huawei não recebeu uma resposta do DC dos EUA, mesmo mais de 20 meses após a apreensão dos equipamentos, ela resolveu processar o órgão, mas sem reivindicar nenhuma indenização por danos. Ela apenas solicitou um posicionamento do DC dos EUA, e pediu que os equipamentos sejam liberados sem a necessidade de licença de exportação, uma vez que eles estão saindo dos EUA para retornar à China, seu país de origem, e não por meio de uma transação comercial.

As disputas comerciais entre EUA e China estão gerando uma tensão que parece longe de terminar. Várias grandes empresas como a Google e a Microsoft estão envolvidas. Você pode entender melhor sobre os acontecimentos que envolvem a Huawei clicando aqui.

TecMundo

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – TECNOLOGIA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: