Hulkenberg: Paul Ricard traz à tona o pior da F1 | Autoracing | F1 | Indy | MotoGP

terça-feira, 25 de junho de 2019 às 10:58

Nico Hulkenberg

Nico Hulkenberg acredita que o circuito de Paul Ricard traz à tona o pior da Fórmula 1 porque suas curvas de média velocidade não permitem que os carros sigam uns aos outros de perto.

Um GP da França decepcionante, com pouca ação na frente e nenhuma empolgação real antes de Lando Norris se envolver em uma disputa com vários carros na última volta, deixou a F1 enfrentando mais acusações de ser tediosa.

Hulkenberg terminou em oitavo depois de uma tarde frustrante preso atrás de Kimi Raikkonen por quase toda a prova. O piloto da Renault sugeriu que o traçado de Paul Ricard expõe os problemas com os designs atuais da F1.

“Eles são rápidos, espetaculares, mas o problema é que você não pode se aproximar de um carro e essa é uma das piores pistas para isso”, disse Hulkenberg ao ser questionado sobre o espetáculo ruim.

“São curvas de terceira/quarta marcha e as velocidades são elevadas, então o efeito aerodinâmico é enorme. Foi o que senti durante uma hora e meia. Mas acho que isso será corrigido com as regras de 2021. Espero que possamos ter corridas bem melhores em pistas assim”.

 

LS – www.autoracing.com.br

Tags
2019, autoracing, circuito, críticas, equipe, f1, formula 1, formula-1, frança, gp, nico hulkenberg, noticias, paul ricard, renault, tedioso, traçado

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘1394990003897405’); // Insert your pixel ID here.
fbq(‘track’, ‘PageView’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: