Ibovespa sobe 2,06% após trégua da China

Ações da Marfrig, IRB Brasil, Magazine Luiza e Estácio tiveram as maiores altas do dia

Por Guilherme Guilherme

access_time

6 ago 2019, 17h37

Em meio à trégua da China, as principais bolsas do ocidente reagiram de forma positiva. Por aqui, o Ibovespa subiu 2,06%, após cair 2,51% no dia anterior – a maior queda desde meados de maio. O índice fechou em 102.163 pontos.

Especialistas apontaram que a forte queda abriu espaço para comprar mais papéis.

“Os indicadores do mercado, devido a todo o stress de ontem, ficaram novamente interessantes”, destacou a equipe do BTG Pactual, em nota a clientes divulgada pela equipe da área de gestão de recursos.

As maiores altas do dia foram das ações das empresas Marfrig, Estácio, Magazine Luiza e IRB Brasil, que tiveram alta de mais de 5%.

De acordo com especialistas a forte queda de ontem (5) tornou os papeis atrativos para investidores.

O destaque foi para a ação da Marfrig, que se apreciou 6,83%. A empresa anunciou hoje que passará a fabricar carne vegetal em parceria com a empresa americana Archer Daniels Midland (ADM), especializada em alimentos de origem vegetal.

Levemente desvalorizado na China, o dólar se manteve estável por aqui. Com recuo de 0,03%, a moeda fechou o dia valendo 3,956 reais.

Fonte: EXAME

Deixe uma resposta