fbpx

Incomodado com nova filiação, ex-governador Geraldo Alckmin visa saída do PSDB | Último Segundo

Reprodução: ACidade ON

Alckmin

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin deve sair muito em breve do PSDB. O comunicado teria sido feito a pessoas próximas, de acordo com informações da jornalista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo. 

Segundo a colunista, o anúncio de filiação do vice-governador Rodrigo Garcia à legenda, o que consolidaria a candidatura do mesmo ao governo de São Paulo – atrapalhando o caminho de Alckmin -, motivou definitivamente a sua saída do partido, do qual é um dos mais antigos militantes, estando entre os dez primeiros filiados. 

Vale ressaltar que Garcia teve no PSDB o patrocínio de Doria, com quem Alckmin já vem se estranhando a algum tempo. A desavença chegou a um ponto que o atual governador não garante o apoio a ele nem mesmo em uma eventual disputa ao Senado, já que a vaga, na teoria, está garantida para a reeleição de José Serra.

Fora do PSDB, Alckmin já recebeu sondagens e convites de partidos, entre eles, do Podemos, do PSD, do PSB e do DEM.

O último, aliás, é comandado por ACM Neto, que também rompeu com Doria depois da filiação de Rodrigo Garcia. Em declaração pública ele apontou que “a postura desagregadora do governador de São Paulo amplia o seu isolamento político e reforça a percepção do seu despreparo para liderar um projeto nacional”.

Apesar do desejo de saída de Alckmin, aliados afirmam que só vão acreditar que ele deixará os tucanos depois que ele de fato assinar a desfiliação. 

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais