fbpx

Internacional vence o Nacional e avança de fase na Libertadores  – Esportes


O Internacional está garantido nas quartas de final da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, no Beira-Rio, o Colorado derrotou o Nacional por 2 a 0. No jogo de ida, disputado no Uruguai, o clube gaúcho venceu por 1 a 0. Agora, na próxima fase, o clube gaúcho vai enfrentar o Flamengo.


Apoiado pelos mais de 48 mil torcedores que marcaram presença no Beira-Rio, o Internacional começou o jogo pressionando o Nacional e não demorou muito para fazer o gol. D’Alessandro levantou a bola na área em cobrança de escanteio, Rodrigo Moledo antecipou a marcação e testou no canto: 1 a 0.


Sem diminuir o ritmo, o Colorado criou outras chances para ampliar a vantagem no primeiro tempo. O atacante uruguaio Nico López chegou a balançar a rede duas vezes, mas, em ambas as oportunidades, o auxiliar anulou o gol, marcando impedimento.


No segundo tempo, o panorama da partida seguiu o mesmo, com o Inter controlando as ações e criando as principais jogadas de ataque. Apesar da obrigação de vencer o jogo para não ser eliminado, o Nacional pouco ameaçou a meta defendida pelo goleiro Marcelo Lomba.


Nos acréscimos, praticamente no último lance da partida, o Inter aproveitou um rápido contra-ataque para fazer o segundo gol. Paolo Guerrero foi acionado por Rafael Sobis e soltou a bomba cruzada, sem chance de defesa.


INTERNACIONAL 2 X 0 NACIONAL


Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 31/7/2019 
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Juan Belatti (ARG) e Maximiliano Del Yesso (ARG)
VAR: German Delfino (ARG)
Público/renda: 48.530/R$ 3.085.090
Cartões amarelos: Bruno, Nonato (INT), Corujo, Gabriel Neves (NAC)
Gols: Rodrigo Moledo, 16’/1ºT (1-0); e Paolo Guerrero, 49’/2ºT (2-0)


INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Uendel; Rodrigo Lindoso (Nonato, 24’/2ºT), Edenilson, Patrick, D’Alessandro (Wellington Silva, 44’/2ºT) e Nico López (Rafael Sobis, 18’/2ºT); Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.


NACIONAL: Meijía; Cotugno, Corujo, Felipe Carvalho e Viña; Rafael García, Gabriel Neves, Zunino (Sebastián Fernández, 33’/2ºT), Lorenzetti (Barrientos,  27’/2ºT) e Kevin Ramirez (Chory Castro, aos 22’/2ºT); Bergessio. Técnico: Álvaro Gutiérrez.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!