fbpx

Irlanda se ergue e bate Gales

Foto: ©INPHO/Billy Stickland

ARTIGO COM VÍDEO – A Irlanda se reergueu. Gales e Irlanda duelaram neste sábado com elencos experimentais, para os dois treinadores fazerem suas últimas análises antes de anunciarem seus times para o Mundial. E a Irlanda quebrou um jejum que vinha desde 2015 sem vitória em Cardiff com um importante triunfo por 22 x 17, reerguendo-se da última derrota pesada contra a Inglaterra.

Jack Carty e Jarrod Evans, sendo testados como aberturas de Irlanda e Gales, respectivamente, mexeram no placar no começo com um penal para cada lado e, aos 18′, a Irlanda criou o primeiro try, com Conway explorando o espaço na defesa galesa para servir Stockdale, que cruzou o in-goal. Evans perdeu penal na sequência e o mesmo Stockdale ainda brilhou pouco depois, apanhando offload falho de Shingler para disparar para o segundo try verde. A Irlanda ainda perdeu um penal antes da pausa, mas dominou o primeiro tempo em posse de bola e território.

Gales melhorou na segunda etapa e teve um try anulado por um passe adiante, aos 53′. A Irlanda deu o troco e praticamente matou o jogo com seu scrum atropelando para um penal try aos 57′. Mas os vermelhos cresceram na reta final, com Owen Lane debutando com seu primeiro try com a camisa galesa, aos 57′.

– Continua depois da publicidade –

Aos 67′, Elliot Dee quase cravou o segundo try galês, largando a bola em cima do in-goal. A Irlanda também teve try anulado, aos 71′, de Ringrose, por conta de tackle no ar de Bundee Aki. E aos 75′ ainda houve tempo para Gales marcar um último try, com Rhys Patchell, recebendo como primeiro receptor a 5 metros e cortando a defesa verde. Mas a virada não saiu.

Placar final, Irlanda 22 x 17. Os dois times voltarão a duelar no próximo sábado em Dublin, na Irlanda, no último desafio de ambos pré Mundial.

 

17versus copiar22

Gales 17 x 22 Irlanda, em Cardiff

Árbitro: Romain Poite (França)

Gales

Tries: Lane e Patchell

Conversões: Patchell (2)

Penais: J Evans (1)

15 Hallam Amos, 14 Owen Lane, 13 Scott Williams, 12 Owen Watkin, 11 Steff Evans, 10 Jarrod Evans, 9 Aled Davies, 8 Josh Navidi (c), 7 James Davies, 6 Aaron Shingler, 5 Bradley Davies, 4 Adam Beard, 3 Samson Lee, 2 Ryan Elias, 1 Rhys Carre;

Suplentes: 16 Elliot Dee, 17 Rob Evans, 18 Leon Brown, 19 Jake Ball, 20 Ross Moriarty, 21 Tomos Williams, 22 Rhys Patchell, 23 Jonah Holmes;

Irlanda

Tries: Stockdale (2) e penal try

Conversões: Carty (1)

Penais: Carty (1)

15 Will Addison, 14 Andrew Conway, 13 Chris Farrell, 12 Bundee Aki, 11 Jacob Stockdale, 10 Jack Carty, 9 Kieran Marmion, 8 Jack Conan, 7 Peter O’Mahony (c), 6 Tadhg Beirne, 5 James Ryan, 4 Iain Henderson, 3 John Ryan, 2 Niall Scannell, 1 Dave Kilcoyne;

Suplentes: 16 Rory Best, 17 Andrew Porter, 18 Tadhg Furlong, 19 Devin Toner, 20 Jordi Murphy, 21 Luke McGrath, 22 Garry Ringrose, 23 Dave Kearney;

Fonte: R7

Jornais Virtuais