fbpx

Itaú disponibiliza diversas linhas de crédito para MEI; Saiba como solicitar!

O microempreendedor individual (MEI) que deseja melhorar ou aumentar o seu negócio pode encontrar dificuldades devido a ausência de capital necessária para o investimento. Foi pensando nisso que o Banco Itaú criou suas linhas de empréstimo para MEI.

Com as linhas de crédito do Itaú, o microempreendedor poderá conseguir os recursos necessários para investir no seu negócio, contando com juros mais baixos e condições especiais para o empréstimo. Sendo assim, para solicitar seu crédito basta entrar em contado com o gerente de uma das agências do Itaú e solicitar a visita do agente de crédito ao seu negócio.

Com isso, o agente irá certificar se a empresa possui capacidade para arcar com as parcelas do empréstimo solicitado, além de verificar se a quantia repassada será utilizada para o fim informado.

O pedido de empréstimo será levado até a instituição por meio do agente. Logo, é de suma importância uma boa apresentação do modelo do micro empreendimento e das estratégias aplicadas para conseguir o empréstimo.

Linhas de Crédito Itaú PJ

O Itaú conta com diversas linhas de crédito para Pessoa Jurídica (PJ), fato que inclui os microempreendedores da lista de clientes que podem solicitar esses empréstimos. Alguns deles são:

Crédito Imediato

O crédito imediato é uma modalidade de crédito pré-aprovado utilizado para capital de giro da empresa. Com ele, o dinheiro será liberado automaticamente em sua conta. Porém, a quantia solicitada deve ser paga em apenas uma parcela, na data escolhida pelo microempreendedor.

Conta Garantida

A conta garantida é uma conta independente da conta corrente, que permite a fácil movimentação dos limites de crédito ofertados. Entretanto, é necessário apresentar algumas garantias ao banco para que esse tipo de conta seja aprovada, como cheques, boletos, dentre outros documentos.

Antecipação de Recebíveis

Com a antecipação de recebíveis, o empresário poderá adiantar as quantias que tem a receber referentes a vendas feitas no cartão de crédito, boletos ou duplicadas. Entretanto, é necessário ter realizado previamente um convênio com o Itaú e cumprir algumas exigências feitas pelo banco, como utilização de maquininhas conveniadas com a instituição, dentre outros.

BNDES

O Itaú oferta algumas linhas de crédito oferecidas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Dentre elas está o Finem, Finame e também o Cartão BNDES. Com esses modelos de empréstimo, o microempreendedor poderá utilizar o crédito para adquirir equipamentos, capital de giro, aquisição de equipamentos, reformas, dentre outros motivos que visem um melhoramento da empresa.

Cheque Especial

Por fim, o Itaú oferta também o cheque especial. Esta opção é uma modalidade de crédito pré-aprovada na conta corrente da empresa, que pode ser utilizado a qualquer momento. Contudo, é necessário ficar atento aos altos juros cobrados pelo cheque especial. Com ele, os juros chegam a uma porcentagem de 327% ao ano. Ou seja, atrasar ou não pagar uma parcela do cheque especial pode gerar um imenso prejuízo para o microempreendedor.

Veja também: Nubank inicia fase de testes em conta digital para MEI.

E quem não possui CNPJ?

Um empreendedor individual que não possua um CNPJ e que tenha mais de 18 anos pode solicitar o microcrédito ofertado pelo Itaú. Essa modalidade é ofertada para quem possui pequenos negócios, seja ele formal ou informal, que esteja em atividade há, pelo menos, seis meses.

Entretanto, esse empréstimo possui o limite máximo de R$ 14.500. O valor liberado irá variar de acordo com a avaliação do potencial e viabilidade do empreendimento. Sendo assim, a avaliação será realizada por um agente do Itaú durante uma visita.

Ademais, não é preciso que o empreendedor seja correntista do Itaú para solicitar esta modalidade de empréstimo.

Exigências para solicitar um empréstimo no Itaú

Grande parte das linhas de crédito ofertadas pelo Itaú são destinadas aos seus clientes. Isso ocorre visto a facilidade gerada durante a análise de crédito por o banco já conhecer o perfil do cliente. Porém, como citado anteriormente, o microcrédito é liberado também para aqueles que não possuem conta no banco.

O Itaú poderá solicitar alguns documentos da empresa para liberar o empréstimo, como plano de negócios, estratégias do empreendimento, dentre outros documentos. Sendo assim, as exigências irão variar de acordo com o valor solicitado e também com a modalidade de crédito escolhida pelo MEI.


Fonte: Edital Concursos Brasil

Jornais Virtuais