fbpx

João Pedro é arma do Flu para superar retranca do CSA

Ainda sem conseguir engrenar no Brasileirão, o Fluminense é apontado como favorito nos próximos dois duelos na competição. O time de Fernando Diniz enfrenta o CSA, penúltimo colocado, no domingo e, na sequência, o lanterna Avaí. Para isso, o time conta com o talento de uma das crias de Xerém. O atacante João Pedro deve ficar com a vaga de Pedro, que se recupera de uma lesão na coxa direita. O talentoso jogador de apenas 17 anos, com saída marcada para o futebol inglês, tem números que não deixam a desejar em relação ao companheiro mais experiente e será uma das armas do Flu para superar a retranca preparada pela equipe alagoana.

João Pedro é substituto à altura para Pedro (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Agência Lancepress!)

Foto: Lance!

Os dois jogadores têm características diferentes, mas eficiência parecida. Em nove jogos no Brasileirão, João Pedro marcou três gols, deu uma assistência, finalizou onze vezes e fez e três desarmes. Já Pedro, em dez partidas, marcou cinco gols, finalizou 12 vezes e conseguiu um desarme. A média de passes certos da dupla na competição também é a mesma, com ambos com 82% no quesito. Na temporada completa, o mais novo leva pequena vantagem: foram 19 jogos, nove gols, em 929 minutos em campo com a camisa tricolor, tornando-se o vice-artilheiro do time, atrás apenas de Yony González. Já o camisa 9, fez 15 jogos e marcou cinco vezes, em 858 minutos.

A lesão na coxa, na partida contra o Atletico-MG, no último sábado, interrompeu a temporada que vem sendo encarada como um recomeço para Pedro. Em agosto do ano passado, quando vivia o melhor momento na carreira, com a convocação para a Seleção Brasileira e propostas da Europa, o jogador de 22 anos sofreu grave lesão no joelho direito e precisou passar por cirurgia. O retorno se deu apenas no dia 17 de abril, contra o Santa Cruz, pela Copa do Brasil. A ausência teve como aspecto positivo o surgimento de João Pedro, com um início que entusiasmou a torcida.

CSA prepara retranca

O primeiro desafio de João Pedro no retorno ao time titular será ajudar a vencer o forte sistema defensivo do CSA. O time alagoano treinado por Argel Fucks prepara um esquema com três volantes para a partida de domingo, no Maracanã, em busca de um ponto fora de casa que ajude a melhorar a posição na tabela. O Azulão é penúltimo colocado, com oito pontos e uma vitória no torneio, à frente apenas do Avaí. No ataque, Argel conta com Maranhão, que já jogou no Fluminense e o experiente Alecsandro, com passagens por Vasco e Flamengo.

Desfalques e alternativas

Além de Pedro, o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o meia Nenê, suspenso pelo cartão vermelho recebido na partida contra o Atlético-MG. O lateral-esquerdo Mascarenhas, recuperado de lesão, já está liberado pelo Departamento Médico do clube e pode ser relacionado. Outra novidade para a partida pode ser o atacante Lucão, recém contratado e com a situação jurídica regularizada, na última quinta-feira.

O atacante Wellington Nem corre por fora na disputa por uma vaga entre os 11 que vão começar a partida. O jogador vem sendo testado por Diniz nos treinos e pode pintar no lugar de Marcos Paulo.

Fluminense e CSA se enfrentam no domingo, às 16h, no Maracanã. A partida é válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

*Sob supervisão.

Lance!

  • separator

Fonte: TERRA

Jornais Virtuais