fbpx

Maia é pressionado a pautar o fim do foro privilegiado – Crusoé

Caso Flordelis eleva pressão sobre Maia para pautar fim do foro privilegiado
Caso Flordelis eleva pressão sobre Maia para pautar fim do foro privilegiado

Um grupo de senadores enviou um ofício ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
, para cobrar a votação do projeto que extingue o foro privilegiado. A justificativa foi a denúncia contra a deputada federal Flordelis, do PSD do Rio de Janeiro, acusada de ser a mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

“A aprovação da PEC
é uma forte demanda da sociedade e medida essencial para a diminuição da impunidade no país. O caso recente da deputada federal Flordelis, apontada como mandante do assassinato do marido, é mais um exemplo da necessidade da urgente aprovação
da PEC”, alegaram no ofício 10 senadores, entre eles Álvaro Dias, do Podemos, Randolfe Rodrigues, da Rede, Alessandro Vieira, do Cidadania, e Major Olímpio, do PSL.

“O que está em jogo é a credibilidade do Parlamento
: não podemos permitir que a descrença nas instituições
ponha em risco o legado conquistado a duras penas no pós-anos de Chumbo. É necessário e urgente que se mostre à cidadania que as virtudes do sistema representativo superam em muito seus vícios e que a Instituição importa mais que seus passageiros membros”, argumentaram os parlamentares.

A PEC em debate no Congresso que acaba com o foro privilegiado
é de autoria do senador Álvaro Dias. Ele protocolou a proposta em 2013 e, só quatro anos depois, o texto foi aprovado pela casa. O parlamentar propunha extinguir completamente o privilégio
, mas, durante a tramitação no Senado, os colegas inseriram um dispositivo que preservou o foro a apenas quatro autoridades: os presidentes da República, da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal.

Hoje, segundo o senador, mais de 55 mil pessoas têm direito ao benefício. Na Câmara, o texto passou pela comissão especial e pela CCJ e está pronto para ser votado em plenário
. Os parlamentares pressionam Rodrigo Maia para que paute a votação.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!