fbpx

Maiores artilheiros do Grêmio até 2021

Na vasta história de 118 anos desde a sua fundação, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense possui em seu catálogo de artilheiros, doze nomes que ranqueiam com mais de cem gols. Curiosamente, a maioria dos jogadores atuou em períodos contemporâneos, na metade do século passado. Atletas que contribuíram para a grandeza do clube serão lembrados nesta lista de goleadores, outros nomes importantes na artilharia gremista também ganharão destaque.

Lista dos maiores artilheiros do Grêmio até 2021

1. Alcindo (230 gols)

Alcindo
Imagem: torcedores.com

Alcindo foi um atacante nascido em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Chegou a equipe profissional do Grêmio em 1963, depois de um período de empréstimo atuando no Sport Club Rio Grande. As boas atuações no tricolor renderam oportunidades gratificantes na carreira de Alcindo, como a participação na Copa do Mundo FIFA de 1966 e a passagem pelo Santos de Pelé, em 1972. Marcou 230 gols em 378 jogos com a camisa do Grêmio, tornando-se o maior artilheiro da história gremista.

2. Tarciso (223 gols)

TarcisoTarciso
Imagem: Agência RBS

Tarciso dedicou a maior parte de sua carreira em atuações pelo Grêmio. Mineiro de São Geraldo, vestiu a camisa tricolor de 1973 a 1986, conquistando com a equipe gaúcha os títulos de maior expressão para o clube. A Copa Libertadores da América, e principalmente a Copa Intercontinental de 1983, foram os títulos em que o ponta-direita Tarciso contribuiu em campo. Em treze anos de Grêmio, marcou 223 gols em 723 partidas disputadas.

3. Gessy (208 gols)

GessyGessy
Imagem: Agência RBS

Além de ser o terceiro maior artilheiro da história do Grêmio, Gessy também é dono de uma história controversa. Em partida amistosa contra o Boca Juniors, em 1959, o Grêmio goleou a equipe argentina pelo placar de 4 a 1. Em pleno estádio La Bombonera, Gessy marcou os quatro gols gremistas, e a história começa agora. O meia tricolor havia passado no vestibular para Odontologia, e a lenda conta que o jogador teria passado a noite anterior ao jogo comemorando na capital gaúcha, chegando ao estádio em Buenos Aires minutos antes da partida. Uma verdade é que Gessy marcou 208 gols em 302 partidas pelo Grêmio, atuando entre 1956 e 1960.

4. Juarez (204 gols)

JuarezJuarez
Imagem: gremio.net

Em meados de 1955, o já consagrado goleador do Grêmio e então técnico Foguinho, pediu a contratação de um centroavante que vinha se destacando no futebol da região sul brasileira. Juarez defendeu a equipe gremista em 306 partidas, entre os anos de 1955 e 1961. Suas ótimas atuações como jogador do Grêmio renderam a Juarez uma convocação para a seleção brasileira. É o quarto maior goleador da história do clube, com 204 gols.

5. Luiz Carvalho (167 gols)

Luiz CarvalhoLuiz Carvalho
Imagem: Agência RBS

Uma marca tão importante quanto estar entre os maiores artilheiros do Grêmio, é ser o maior artilheiro em clássico grenal. Luiz Carvalho tem 15 gols em grenais, fato preponderante em uma época que o clássico muitas vezes determinava a renovação de contrato ou o surgimento de outras oportunidades para os jogadores. Entre 1923 e 1928, o atacante marcou 167 gols em 204 partidas, retornando ao clube para assumir a presidência em 1974. O centro de treinamento da equipe profissional do clube gaúcho leva o seu nome, CT Luiz Carvalho, inaugurado em 2014.

6. Joãozinho (135 gols)

JoãozinhoJoãozinho
Imagem: Reprodução

O meia Joãozinho teve duas passagens pelo tricolor. A primeira foi em 1960, aos dezenove anos, permanecendo por uma temporada. No ano seguinte atuou pelo Club Atlético Independiente, da Argentina, onde jogou por também uma temporada. No ano de 1962 retornou ao Grêmio e pelos próximos dez anos escreveria a sua história no Estádio Olímpico. Marcou 135 gols em 423 partidas defendendo a equipe gremista. 

7. Baltazar (131 gols)

BaltazarBaltazar
Imagem: Divulgação / CBF

Herói do primeiro título nacional do Grêmio, Baltazar está entre os maiores artilheiros da história tricolor. No Campeonato Brasileiro de 1981, o atacante errou um pênalti contra a equipe do São Paulo, no primeiro jogo da final. Na partida realizada na capital paulista, e que definiria o campeão, brilhou a estrela de Baltazar, autor do gol do título gremista. Sua marca como goleador no Grêmio é de 131 gols em 215 partidas, com atuações de 1979 a 1982.

8. Milton Kuelle (129 gols)

Milton KuelleMilton Kuelle
Imagem: Reprodução Twitter

Um dos poucos ídolos gremistas a pisar nas três casas do clube, o Estádio da Baixada, Estádio Olímpico e Arena do Grêmio (simbolicamente). Milton Kuelle atuava como meia e por sua resistência física recebeu o apelido de “Formiguinha”. Dedicou a carreira inteiramente ao tricolor, de 1953 a 1965, onde balançou as redes 129 vezes em 511 jogos.

9. Oswaldo Rolla (126 gols)

Oswaldo Rolla (Foguinho)Oswaldo Rolla (Foguinho)
Imagem: Agência RBS

Foguinho, como era conhecido, é considerado um dos maiores ídolos da história do Grêmio. Como atacante, defendeu a equipe por quatorze anos, de 1928 a 1942. Foi bicampeão gaúcho com a equipe gremista em 1931 e 1932, e marcou 126 gols em um total de 227 partidas com a camisa tricolor. Em 1955, tornou-se treinador do Grêmio, conquistando o tetracampeonato gaúcho em 1956, 1957, 1958 e 1959.

10. Marino (118 gols)

MarinoMarino
Imagem: UOL

Já vimos anteriormente a importância do grenal, e como o clássico influenciava na metade do século passado. O ponta-direita Marino, chegado em 1960, foi o único jogador do Grêmio a marcar quatro gols em um único grenal, na vitória gremista por 4 a 1, em 1963. Pelo tricolor, conquistou quatro vezes o Campeonato Gaúcho, nos cinco anos em que atuou pelo clube. O décimo maior artilheiro do Grêmio tem 118 gols em 248 partidas disputadas.

11. Vieira (110 gols)

VieiraVieira
Imagem: UOL

Seguindo a história de Juarez, o ponta-esquerda Vieira chegou ao Grêmio em 1955, a pedido do então técnico Foguinho. Vindo do futebol catarinense, o jogador teve grande destaque na equipe gaúcha, conquistando onze vezes o Campeonato Gaúcho nos treze anos em que esteve em Porto Alegre. Vieira é recordista em número de partidas disputadas pelo tricolor, 561 ocasiões na qual vestiu o manto gremista, com 110 gols marcados.

12. Osvaldo (106 gols)

OsvaldoOsvaldo
Imagem: Agência RBS

Campeão do mundo com o Grêmio em 1983, Osvaldo iniciou sua carreira na Ponte Preta, equipe da cidade de Campinas. Após cinco temporadas em São Paulo, foi transferido para o Grêmio em 1982. Fez parte do vitorioso elenco gremista que elevou a imagem do clube com as conquistas da Copa Libertadores da América e da Copa Intercontinental de 1983. O meio-campista atuou 265 vezes pelo tricolor, com 106 gols marcados.

Outros nomes marcantes na artilharia do Grêmio

• Jonas (78 gols)

JonasJonas
Imagem: UOL

Em 2007, o atacante Jonas estreou pelo Grêmio após boas atuações na equipe do Santos. A primeira passagem pelo tricolor não foi das melhores, algumas vezes não chegava a ser relacionado para as partidas, o que resultou no empréstimo do jogador. Jonas voltou para o Estádio Olímpico em 2009, e ao contrário da primeira passagem, alcançou a artilharia do Campeonato Brasileiro de 2010, com 23 gols. Ao todo, marcou 78 vezes com a camisa do Grêmio, em 148 partidas disputadas entre 2007 e 2011.

• Luan (77 gols)

LuanLuan
Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Ídolo da recente história gremista, o Rei da América em 2017 foi o principal jogador da temporada que trouxe o tricampeonato da Copa Libertadores da América para o Grêmio. A partir de boas partidas pelo tricolor, o jogador foi convocado para disputar os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Foi fundamental para a evolução da equipe e conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil no futebol das Olimpíadas. Foi atleta do clube de 2014 a 2019, com 77 gols marcados em 293 jogos.

• Renato Portaluppi (74 gols)

Renato PortaluppiRenato Portaluppi
Imagem: gremio.net

O único brasileiro a conquistar a Libertadores como jogador e treinador, em dois triunfos pelo Grêmio, realidade que faz de Renato Portaluppi o maior ídolo da história do clube. Como ponta-direita, marcou os dois gols da vitória do Grêmio sobre o Hamburgo, na final da Copa Intercontinental de 1983. Foi multicampeão no comando técnico da equipe gremista desde a sua chegada em 2016. Em 261 partidas pelo tricolor, marcou 74 gols.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Portal do Gremista

!function(e,n,t){var o,c=e.getElementsByTagName(n)[0];e.getElementById(t)||(o=e.createElement(n),o.id=t,o.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v11.0″,c.parentNode.insertBefore(o,c))}(document,”script”,”facebook-jssdk”);

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais