fbpx

Mais de uma semana antes, torcida do Santos esgota ingressos pelo 3º jogo seguido – Esportes

A derrota para o São Paulo, no último sábado, parece não ter abalado a motivação da torcida do Santos para ver o clube na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Afinal, nesta sexta-feira, com mais de uma semana de antecedência, esgotou os ingressos disponíveis para o duelo com o Fortaleza, válido pela 16ª rodada e que vai ser disputado em 25 de agosto na Vila Belmiro.

Trata-se do terceiro jogo consecutivo como mandante em que a torcida do Santos esgota os ingressos. Já havia sido assim na vitória por 3 a 1 sobre o Avaí, em 28 de julho, que atraiu 12.787 torcedores para a Vila Belmiro, e depois na goleada por 6 a 1 sobre o Goiás, em 4 de agosto, que contou com o público de 13.462 espectadores.

Derrotado pelo São Paulo, o Santos viu a sequência de sete vitórias ser encerrada no último fim de semana, mas não perdeu a liderança do Brasileirão. E como tem três pontos de vantagem para o segundo colocado Palmeiras e duas vitórias a mais, vai se manter na primeira posição ao fim da rodada deste fim de semana, a 15ª, mesmo que seja batido pelo Cruzeiro, domingo, no Mineirão.

Assim, quando entrar em campo no dia 25 com a Vila lotada, o Santos será o líder do Brasileirão. Para este duelo, ainda não é possível saber se o recorde de público do time em 2019 no seu estádio, registrado contra o Goiás, vai ser quebrado porque isso dependerá do comparecimento dos visitantes e dos proprietários de cadeiras cativas.

Ao anunciar que os ingressos estão esgotados, o Santos explicou que 11.007 ingressos foram comprados, sendo 6.219 por sócios. As entradas ainda disponíveis são as 600 para a torcida visitante, só vendidas no dia do confronto, e os 4.300 lugares de proprietários de cadeiras cativas, cadeiras especiais e de camarotes de sócios do portão 23, que não podem ser comercializados.

Defensor da Vila Belmiro como casa do Santos, o técnico Jorge Sampaoli celebrou o comparecimento expressivo da torcida nos últimos jogos da equipe como mandante no estádio. “Me emociona sempre quando o time entra em campo com o estádio cheio. Aí não teremos necessidade de jogar em São Paulo, não há necessidade econômica de sair da Vila”, disse, em entrevista coletiva.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!