fbpx

MAP-1 seria o revestimento antimicrobiano para ginásios?

Um laboratório em Hong Kong, após 10 anos de pesquisa, anunciou recentemente que desenvolveu ter um poderoso remédio antimicrobiano, chamado MAP-1. O produto seria capaz de neutralizar vírus (incluindo a COVID-19), bactérias e fungos com eficácia de até 90 dias.

O novo produto tem o objetivo de manter higienizadas superfícies tocadas com muita frequência, que podem contribuir para a propagação de doenças como a COVID-19, causada pelo novo coronavírus. Locais públicos como Shopping Centers, academias e escolas podem se beneficiar dele.

O MAP-1 foi testado em jardins de infância, asilos e escolas em Hong Kong, também em um hospital e centro esportivo na mesma cidade e através de uma instituição de caridade local, foi pulverizado nas casas de mais de mil famílias desfavorecidas.

De acordo com o anúncio o MAP-1 pode também neutralizar até 99,9% dos vírus altamente infecciosos, como sarampo, caxumba e rubéola. Seu uso em cortinas de hospitais teve uma redução de 98,7% em bactérias resistentes a medicamentos em 3 semanas.

Além dos hospitais, a equipe trabalha com o Departamento de Abastecimento de Água e o Departamento de Serviço de Drenagem para testar em campo o MAP-1 em materiais de revestimento para tubulações de água e drenagem de esgoto, a fim de evitar contaminação microbiana e corrosão da infraestrutura.

O revestimento, que é uma mistura especial de polímeros antimicrobianos, também evita a adesão microbiana na superfície, mantendo-a limpa de contaminantes microbianos.

Produto ainda em teste

Existem três características que são muito promissoras para o MAP-1: a eficácia contra a COVID-19, que atua em diferentes superfícies, incluindo têxteis, e sua capacidade ativa de até 90 dias após a aplicação.

Além disso, ainda não está claro como ele responderá em superfícies como painéis texturizados, equipamentos de CrossFit e agarras de escalada.

Como relatou a agência Reuters o revestimento que se forma após a pulverização possui milhões de nanocápsulas contendo desinfetantes capazes de matar bactérias, vírus e fungos, mesmo após a secagem”. Porém o produto ainda não está pronto para a distribuição internacional. A empresa que desenvolveu o produto está se concentrando agora na demanda local, especialmente nos setores mais desfavorecidos.

Caso o produto seja comercializado, pode ser uma maneira que academias de todos os esportes em prevenir contaminação de seus equipamentos. Como o produto é novo no mercado, necessita ser testada questões de contágio humano e fabricação. A empresa Chiaphua Industries é quem irá comercializar o produto.

Leia o trabalho científico: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha, México e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias. Em 2018 foi o único latino-americano a cobrir a estreia da escalada nos Jogos Olímpicos da Juventude e tornou-se o primeiro cronista esportivo sobre escalada do Jornal esportivo Lance! e Rádio Poliesportiva.

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/en_US/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!