Mesmo eliminado, Félix Sánchez festeja aumento de experiência da seleção do Catar – Esportes

Após um empate (2 a 2, com Paraguai) e duas derrotas (1 a 0 para Colômbia e 2 a 0 para a Argentina), o técnico Félix Sánchez aprovou a participação do Catar na Copa América, apesar da eliminação na primeira fase, sacramentada neste domingo, com o revés para o time de Lionel Messi, na Arena do Grêmio.

“O rendimento da equipe foi muito bom. Um dos novos objetivos era ver se a equipe era capaz de competir contra rivais de alto nível. Temos uma equipe muito jovem e com um grande objetivo daqui a três anos. Vamos seguir trabalhando para chegarmos fortes no Mundial de 2022”, disse o treinador, que admitiu ter pontos a serem melhorados.

O técnico espanhol demonstrou ansiedade por disputar a próxima edição da Copa América, ano que vem, a ser realizada na Argentina e Colômbia. “Nós acreditamos firmemente que participar destes torneios é o caminho para melhorar, adquirir experiência e nível para competir contra os melhores.”

Diante da Argentina, Sánchez afirmou que a derrota foi fruto da falta de experiência de seus jogadores, assim como já acontecera frente a Paraguai e Colômbia. “O primeiro gol da Argentina saiu logo aos cinco minutos em um erro na saída de bola. Isso não pode acontecer diante de jogadores de tanto talento.”

Com o resultado, em Porto Alegre, a Argentina garantiu o segundo lugar do Grupo B, com quatro pontos, e pegará a Venezuela, sexta-feira, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa América.

O Catar ficou com um ponto. A Colômbia terminou o Grupo B na liderança, com nove pontos, e o Paraguai, em terceiro, com dois pontos. Assim, aguarda o fim da primeira fase para ver se conseguirá se classificar como o segundo melhor terceiro colocado.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: