fbpx

Messi encerra novela e diz que fica no Barcelona até fim do contrato – Esportes



Lionel Messi deixou clara toda a sua insatisfação, mas garantiu nesta sexta-feira (4) que fica no Barcelona até pelo menos o término do seu contrato. O craque argentino, que chegou a manifestar o desejo de deixar o clube em que foi criado e ouviu propostas de Paris Saint-Germain e Manchester City, afirmou que permanece até junho de 2021.


“Nunca iria à Justiça contra o clube que amo”, disse camisa 10, em longo comunicado para a imprensa e para os torcedores.


O camisa 10 disse que a goleada sofrida para o Bayern de Munique (8 a 2) na Champions League não foi o motivo da sua insatisfação, mas a gota d’água. O jogador expôs ainda a péssima relação com o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu.



“Nunca iria à Justiça contra o clube que amo”, disse Messi. “Por mais que saía ou que fique, meu amor pelo Barça não mudará nunca.”


Em entrevista ao jornalista Rubén Uria, do Goal.com, ele explicou o motivo de ter enviado o burofax e formalizado seu desejo de deixar o clube.


“Eu disse ao clube, especialmente ao presidente, que queria ir. Eu disse a ele o ano todo. Eu acreditava que era hora de me afastar. Acreditava que o clube precisava de mais gente jovem, gente nova e pensei que o meu tempo no Barcelona tinha acabado, sentindo muito porque sempre disse que queria terminar a minha carreira aqui.”



Messi reiterou que estava se sentindo muito desgastado com sua situação no Barcelona, sentindo-se pouco ouvido pelo presidente do clube, antes mesmo da derrota para o Bayern.


“Foi um ano muito difícil, sofri muito nos treinos, nos jogos e no vestiário. Tudo se tornou muito difícil para mim e chegou um momento em que pensei em buscar novos objetivos, novos ares. Não veio por causa do resultado na Champions League contra o Bayern, a decisão vinha pensando há muito tempo. Falei para o presidente e bom, o presidente sempre dizia que no final da temporada eu podia decidir se queria ir ou se queria ficar e no final ele não cumpria a palavra”, disse.


Uma vida no Barcelona


Messi, hoje com 33 anos, chegou ao clube em 2000, com 14 anos. Atuou pela primeira vez no time principal na temporada 2003-2004, com apenas dezesseis anos, em um amistoso contra o Porto, na inauguração do Estádio do Dragão.


Posteriormente, foi ganhando espaço até se firmar na temporada de 2005 e 2006, quando fez seu primeiro gol e conquistou sua primeira Champions.



Na temporada 2008-2009, passou a trabalhar com o treinador Guardiola e iniciou uma trajetória de partidas fantásticas. Na temporada 2008-2009 ajudou a equipe a conquistar a uma histórica Champions, ao vencer o Manchester United por 2 a 0 na final.


Messi se tornou o maior ídolo da história do Barcelona, tendo conquistado 33 títulos e marcado 634 gols na equipe principal.


Até agora, foram quatro conquistas da Champions (2005–2006, 2008–2009, 2010–2011, 2014–2015) e seis prêmios de melhor do mundo da Fifa, entre outras façanhas que fizeram brilhar os olhos dos amantes do futebol.


No estilo! Confira novos uniformes dos times europeus para temporada


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!