fbpx

Métodos de estudo que funcionam sempre

Quem se prepara para concursos, vestibular, ENEM, assim como outras avaliações importantes sabe como os métodos de estudo ajudam na obtenção de metas.

Entretanto, não são todos que funcionam. Deve-se saber escolher bem a estratégia para conseguir os resultados esperados nos estudos.

Trouxemos aqui os métodos que costumam dar certo sempre, sobretudo quando empregados com vigor e constância. Conheça!

Cronograma de estudo

Separe certas horas de cada dia para estudar, assim como você faz para se alimentar e dormir. Mantenha o mesmo cronograma fielmente no dia a dia.

A quantidade de tempo necessária para estudar varia para cada indivíduo com base nas habilidades com o assunto. Recomenda-se uma média de duas horas de estudo por dia para cada hora de aula. Ir para a aula é apenas o começo; o verdadeiro trabalho começa depois!

Concurseiros: Dicas para organizar o cronograma de estudos

Revisão frequente

Um aluno que não revê o material pode esquecer 80% do que foi aprendido em apenas duas semanas! A primeira revisão deve ocorrer logo após o material ser apresentado e estudado pela primeira vez. Rever os primeiros atos como uma proteção contra o esquecimento e ajuda você a se lembrar por muito mais tempo. Avaliações frequentes durante o curso trarão recompensas na hora do teste e aliviarão a ansiedade antes do teste.

Embora esses dez métodos de estudo funcionem, há um outro componente necessário ao usar todos eles – assumir a responsabilidade pelo estudo seguindo as atribuições. Todos os métodos de estudo do mundo não irão ajudá-lo se você não ajudar a si mesmo. Como quase tudo em sua vida, seu lema deve ser: “Sou responsável pelo meu sucesso!”

Você Pode Gostar Também:

Se você se esforçar para estudar com eficácia, as habilidades aprimoradas logo se tornarão um hábito e serão tão naturais quanto respirar. O resultado pode ser melhores notas, maior conhecimento e maior autoestima. Essas habilidades também serão úteis para sua vida profissional e pessoal.

Anotações de estudo eficientes

Aprenda a fazer boas anotações com eficiência enquanto seus instrutores enfatizam pontos importantes em sala de aula e enquanto você estuda suas tarefas. Boas anotações são “obrigatórias” para uma revisão antes do teste.

Sem elas, você precisará reler e revisar toda a tarefa direto nos livros ou PDFs, por exemplo. Já pensou? Isso pode exigir que você leia de 100 a 300 páginas de material.

Já com o uso de anotações, com grifos e palavras-chave, você pode recuperar os pontos principais em apenas uma fração do tempo. O tempo que você gasta anotando, a saber, não é perdido, mas, na verdade, economiza tempo.

Temos um post que pode lhe ajudar – Como fazer anotações mais eficazes para os estudos

Super aprendizado

De acordo com psicólogos, o segredo do aprendizado para referência futura é o super aprendizado. Os especialistas sugerem que, depois que você puder dizer “Eu conheço este material”, continue a estudar esse material por mais um quarto do tempo de estudo original.

Como exemplo simples, podemos citar o alfabeto. Como você aprendeu isso? Provavelmente através da recitação, que é a melhor maneira de gravar o material no traço de memória. Assim como da repetição de sua escrita nos primeiros anos de escola.

Enfim, utilizar o material de tantas maneiras diferentes quanto possível, escrevendo, lendo, tocando, ouvindo e dizendo. Em um estudo experimental, os alunos que aprenderam demais o material retiveram quatro vezes mais depois de um mês do que os alunos que não aprenderam demais.

E então, o que acha de empregar essas novas ideias?

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!