fbpx

Movimento Sou de Algodão lança 2º desafio com Casa de Criadores – Lifestyle

Concurso dá oportunidade para os estudantes de design e moda de todo Brasil criarem looks de algodão; inscrições começam dia 22 de agosto





O Movimento Sou de Algodão, que estimula

o consumo da fibra na indústria da moda, e a Casa de Criadores, se unem mais

uma vez para promover o 2º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores. O projeto, que será lançado no dia 22 de agosto, Dia Internacional da Moda, tem como objetivo dar oportunidade para os estudantes mostrarem toda sua criatividade.

A iniciativa tem como foco a divulgação do algodão como matéria-prima por meio da descoberta de novos talentos. Por isso, os participantes devem utilizar a fibra em suas coleções como principal material, resultando em pelo menos 70% da composição de cada look desenvolvido.


“Estamos ansiosos para estimular a criatividade

dos estudantes. Nossa finalidade é incentivar a nova geração com o uso da fibra na cadeia da moda, mostrando como o algodão é um material versátil, moderno e arrojado”, comenta Milton Garbugio, produtor e presidente da Associação Brasileira dos Produtores de

Algodão (Abrapa).


A primeira edição do Desafio, em 2019, teve mais de 400 inscrições. Para este ano, a meta é dobrar, visto que conta com a participação de todas as instituições de ensino superior, tecnológico e de bacharelado de Moda, Design e áreas correlatas espalhadas pelo país.

“Para os estudantes, participar de um evento como esse abre muitas portas por ser uma experiência enriquecedora. No ano passado, tivemos como vencedores o Mateus Cardoso, da faculdade Santa Marcelina, Rodrigo Evangelista, que se formou no Istituto Europeo di Design (IED), e Dario Mittmann, da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Hoje em dia, colhem os frutos do 1º Desafio”, diz André Hidalgo, idealizador da Casa de Criadores.


Os estudantes interessados em participar devem realizar as inscrições no portal www.soudealgodao.com.br/desafio, no período de 22 de agosto a 26 de fevereiro de 2021, podendo ser projetos individuais ou em duplas. Os trabalhos poderão ser dos segmentos de moda masculina, feminina, alta costura, prêt à porter, fitness, homewear/loungewear ou streetwear. 

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!