Mutirão nos Bairros oferecerá 600 vagas em Aricanduva · JC Concursos

Além das vagas de emprego, a comunidade poderá participar de ações desenvolvidas sobre saúde, cultura, habitação, além dos serviços de zeladoria

A 22ª edição do Mutirão nos Bairros da Prefeitura de São Paulo será neste sábado, 31 de agosto, em Aricanduva, na zona leste da capital paulista. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, por meio do Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) oferece no local mais de 650 vagas de emprego. Além disso, a comunidade poderá participar de ações desenvolvidas sobre saúde, cultura, habitação, além dos serviços de zeladoria.

Das oportunidades, mais de 400 são na própria região leste em bairros como Penha, Tatuapé, São Mateus, Vila Formosa, Anália Franco, Itaquera e São Miguel Paulista. As demais estão na região central e em outros pontos da cidade.

“Além dos pontos fixos dos Cates, onde a população pode ir atrás de uma oportunidade de emprego, o Mutirão nos Bairros reforça a estratégia da gestão Bruno Covas de levar até a população os serviços da Prefeitura de São Paulo. As vagas de emprego estão, em sua maioria, na própria região a fim de facilitar a vida do trabalhador e também do empresário, com isso promovemos a qualidade de vida das pessoas, melhora na mobilidade da cidade, além de fomentar a economia local”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

O evento ainda contará com a presença de duas empresas, das 9h às 15h, das áreas de teleatendimento e de terceirização de mão obra, que farão processo seletivo no local com 150 oportunidades para a região leste. São 100 vagas para auxiliar de limpeza com experiência. Será exigido o ensino fundamental em andamento, com salário de R$ 1.160. Para operador de telemarketing ativo são 50 postos disponíveis, com rendimento de R$ 1.016. Os interessados precisam ter concluído o ensino médio.

O público ainda poderá passar pela pré-seleção realizada pelos técnicos do Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo) em vagas para vendedor, com salários que chegam a R$ 1.470; e ainda em atendimento ao cliente com salário de até R$ 1.400.

Na 22ª edição do Mutirão nos Bairros os candidatos que apresentarem algum tipo de deficiência poderão se candidatar a 70 oportunidades exclusivas para operador de telemarketing, sem experiência na atividade. É necessário ter o ensino médio completo e o salário é de R$ 1.016.

Para participar dos processos seletivos os candidatos devem apresentar currículo atualizado, laudo médico para pessoas com deficiência, RG, CPF, número do PIS e carteira de trabalho. Os dois últimos documentos são emitidos na hora do atendimento com a apresentação de uma foto atual 3×4 para primeira via. Já para quem precisa da segunda via do documento, é necessário levar também um boletim de ocorrência ou declaração, caso se trate de roubo, furto, perda ou extravio.

Sobre o Mutirão nos Bairros

O Programa Mutirão nos Bairros é uma ação da Prefeitura de São Paulo que tem o apoio das Secretarias Municipais de Assistência e Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Cidadania, Saúde, Cultura, Pessoa com Deficiência, de Subprefeituras e Cohab – Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo. A ação já passou por bairros como Casa Verde, Jaçanã, Perus, Ipiranga, Vila Maria, Cidade Tiradentes, Mooca, Sapopemba, São Mateus, Lapa, Itaquera, Freguesia do Ó, Capão Redondo e Pirituba.

Sobre CATe – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo

O Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho é uma rede de atendimento gratuito com 24 unidades distribuídas por todas as regiões da cidade de São Paulo. Visando orientar trabalhadores e empreendedores, o CATe oferece serviços de encaminhamento de vagas, oficinas de qualificação profissional e emissão de carteira de trabalho.

empregosvagas de emprego


Fonte: Jornal dos Concursos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: