fbpx

Não perca! – CFP é considerado atividade essencial no Estado!

(Acesse Conteúdo completo!) – CFP é considerado atividade essencial no Estado!




Suspenso desde o mês de março, o concurso
PC ES (Polícia Civil do Espírito Santo) estava em sua reta final. Agora, Lei sancionada estabelece Curso de Formação Profissional (CFP) como atividade essencial no Estado.

CFP passa a ser atividade essencial no Estado

Vários concursos públicos
pelo Brasil estão com o andamento suspenso devido à pandemia da Covid-19. Foi o caso do concurso PC ES, que precisou ser interrompido no dia 18 de março de 2020.

O próximo passo do certame
seria a Avaliação Psicológica, uma das últimas etapas, que aconteceria presencialmente.

Entretanto, uma boa notícia foi anunciada no dia 21 de agosto, por meio do Diário Oficial do Espírito Santo. Agora, o CFP (Curso de Formação Profissional) passou a ser uma atividade essencial no Estado.

Isso porque, foi sancionada uma Lei adotando esta decisão, além de contemplar o conjunto de medidas que irão precisar ser tomadas para a realização das aulas presenciais.

Para um melhor entendimento, o CFP é a última etapa realizada pelos concursos
da área de Segurança. O Curso de Formação Profissional é indispensável ao exercício profissional, e acontece antes do ato de nomeação.

Quando o isolamento social em razão da pandemia foi estabelecido no Brasil, foi preciso pausar as etapas presenciais. Agora, com todas as medidas de segurança já reconhecidas, pode ser viável realizá-las.

Dessa maneira, agora o CFP sendo uma atividade essencial no Estado do Espírito Santo, será possível dar continuidade ao certame. A retomada do concurso
PC ES, será confirmada posteriormente.

Vale ressaltar, que os candidatos continuem acompanhando o andamento da seleção
da Polícia Civil do Espírito Santo.

Etapas avaliativas do concurso PC ES

Como é de costume, os concursos
para a carreira policial são compostos por diversas etapas avaliativas. Também é o caso do concurso PC ES.

Ao todo, os candidatos serão submetidos à quatro etapas de avaliação. A primeira etapa foi de caráter eliminatório e classificatório, e as demais etapas são apenas eliminatórias.

  • Perícia Médica, Teste Físico, Inspeção de Saúde, Avaliação Psicológica e Prova Prática de Digitação, sendo esta última apenas para o cargo de Escrivão de Polícia;
  • Investigação Criminal e Social;
  • Curso de Formação Profissional.

A prova objetiva foi realizada no mês de março de 2019, com aplicação nas cidades de Cachoeira de Itapemirim, Colatina, Linhares e Região Metropolitana de Vitória.

Na prova objetiva, os candidatos tiveram que responder a 100 questões, sendo elas:

  • Raciocínio Lógico e Matemático;
  • Estatuto da Polícia Civil do Espírito Santo e Alterações;
  • Direito Processual Penal;
  • Legislação Extravagante;
  • Conhecimentos Específicos.

Para ser considerado aprovado, foi necessário o candidato obter nota igual ou superior a 50 pontos e se classificar dentro do limite de vagas estabelecido no edital.

Os concorrentes classificados em todas as fases da seleção
, ainda irão realizar o Curso de Formação Profissional (CFP). As datas ainda serão divulgadas pela banca organizadora, Instituto AOCP.

Após a homologação do concurso
, a validade será de dois anos, podendo ser prorrogada uma vez pelo mesmo período.

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1″;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’facebook-jssdk’));

Fonte: Nova Concursos

(Veja agora a notícia com detalhes) – CFP é considerado atividade essencial no Estado!



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!