fbpx

Não perca! – Concurso IBGE 2021: o que estudar

(Acesse Conteúdo completo!) – Concurso IBGE 2021: o que estudar




Já estão disponíveis os editais do concurso IBGE
(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ao todo são mais de 204 mil vagas temporárias para Recenseador, Agente Censitário Supervisor e Agente Censitário Municipal.

As oportunidades, de âmbito nacional
, são para candidatos com nível fundamental ou médio de escolaridade com ganhos iniciais de até R$ 2,5 mil!

Neste artigo descubra o que é preciso estudar para garantir uma das vagas!

Como serão as provas do IBGE 2021?

As provas objetivas serão aplicadas em duas datas prováveis, sendo 18 e 25 de abril de 2021. Elas terão a duração de 4 horas.

O que estudar para a prova do concurso IBGE?

As disciplinas da prova podem variar conforme o cargo ou função. Portanto, confira as dicas por cargo para ajudar nos seus estudos:

ACM e ACS

O Agente Censitário Municipal (ACM) é quem comanda as atividades do Agente Censitário Supervisor (ACS), que por sua vez é o responsável pelos Recenseadores.

O ACM responde diretamente às autoridades, participando de reuniões e emitindo relatórios, atuando como instrutores de treinamento dos recenseadores e ao mesmo tempo, sendo o responsável pela segurança dos dados.

O ACS orienta os Recenseadores no dia a dia, fazendo revisão de suas atividades e transcrevendo dados. Também é sua função contratar, demitir ou prorrogar o vínculo do Recenseador com o IBGE.

As disciplinas que serão cobradas neste concurso são:

Na disciplina de Língua Portuguesa serão cobradas interpretação de texto, conhecimentos dos mecanismos de coesão textual, reconhecimento de tipos e gêneros textuais, relação de coordenação ou subordinação entre orações e significação/substituição de palavras.

Já na disciplina de Ética no Serviço Público costuma cair o Código de Ética do IBGE e leis como a n° 8.112/1990. Como são apenas cinco questões, estude o básico e foque nas outras partes da prova.

Em Raciocínio Lógico, geralmente é dado um problema envolvendo interpretação de gráficos ou tabelas. Também aparecem questões de envolvendo estruturas lógicas, diagramas ou aritmética.

Importante lembrar que a prova de Noções de Administração / Situações Gerenciais exige um conhecimento bastante diversificado, pois envolve funções administrativas (planejamento, organização, controle, direção), tomada de decisão, resolução de problemas e claro, gerenciamento de pessoas.

A matéria de Conhecimentos Técnicos é a que possui maior número de questões. Em um PDF, ofertado pela organização do concurso, estão os conhecimentos técnicos que estarão presentes nas avaliações de ACS e ACM, de forma bem completa.

Recenseador

O Recenseador é a pessoa responsável por visitar as residências dos brasileiros e coletar os dados para o censo, por meio de uma entrevista. Ele responde diretamente ao ACS. A prova terá 50 questões sobre as seguintes matérias:

As matérias de Língua Portuguesa e Ética no Serviço Público costumam ser semelhantes tanto para Recenseadores quanto para ACS e ACM. Portanto as mesmas dicas apresentadas anteriormente podem ser aplicadas neste caso.

Já para a disciplina de Matemática recomenda-se o estudo de funções, equações, resolução de problemas, regra de três, porcentagem e geometria básica.

Da mesma forma que abordamos nos casos de ACS e ACM, para Recenseador é preciso que o candidato tenha conhecimentos sobre a sua função e o censo. No PDF, disponibilizado pela organização do concurso, estão os Conhecimentos Técnicos que cairão na prova de Recenseador.

Uma boa dica é ficar atento aos procedimentos que devem ser feitos pelo Recenseador em situações cotidianas ou adversas com os entrevistados, pois são as questões que caem com frequência na prova.

Concurso IBGE: Vagas e salários

São 204.307 vagas temporárias divididas da seguinte forma:

  • 5.450 vagas para Agente Censitário Municipal – nível médio, com salário de R$ 2.100,00 acrescido de auxílio alimentação R$ 458,00;
  • 16.959 vagas para Agente Censitário Supervisor – nível médio, com salário de R$ 2.100,00 acrescido de auxílio alimentação R$ 458,00;
  • 181.898 vagas para Recenseador – nível fundamental, o salário será por produção. A jornada de trabalho será de 25 horas semanais.

A jornada de trabalho para os cargos de Agente corresponderá a 40 horas semanais.

Como fazer a inscrição para o IBGE?

As inscrições podem ser realizadas acessando o site da organizadora, Cebraspe
 , nas seguintes datas:

  • Para Recenseador – de 23 de fevereiro até 19 de março de 2021.
  • Para os cargos de Agente Censitário – de 19 de fevereiro até 15 de março de 2021.

As taxas de participação são no valor de R$ 39,49 para Agente e de R$ 25,77 para Recenseador.


Post Views:
10

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1″;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’facebook-jssdk’));

Fonte: Nova Concursos

(Veja agora a notícia com detalhes) – Concurso IBGE 2021: o que estudar



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais