fbpx

Não perca! – Órgão esclarece sobre grupo de trabalho formado!

(Acesse Conteúdo completo!) – Órgão esclarece sobre grupo de trabalho formado!




Órgão esclarece informações que circulam sobre o grupo de trabalho do próximo concurso
FUNAI
(Fundação Nacional do Índio).

Grupo de trabalho do concurso FUNAI

Circula uma informação que um grupo de trabalho para o novo concurso
FUNAI já foi formado. O órgão esclareceu que na verdade este grupo foi o responsável por elaborar a nota técnica que subsidiou o pedido de certame para 826 vagas, encaminhado no final do mês de maio.

Dessa maneira, ainda não se trata da comissão organizadora. Antes de efetivamente iniciar os preparativos para o próximo edital, a FUNAI precisa receber o aval do Ministério da Economia.

Também conforme a Fundação Nacional do Índio, o grupo de trabalho foi formado no dia 27 de fevereiro. Após elaborar a nota técnica, foi enviado o pedido para preenchimento de vagas, no dia 20 de maio.

Esse pedido foi entregue ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, a quem o órgão é vinculado, que depois encaminhou a demanda para o Ministério da Economia. A pasta do ministro Paulo Guedes, ainda não se manifestou sobre a autorização.

Após o Governo Federal sofrer pressão de investidores nacionais e internacionais para políticas de combate ao desmatamento mais efetivas, o vice-presidente, Hamilton Mourão, confirmou que seriam realizados estudos viabilizar alguns certames
.

Esses concursos
já estão sendo avaliados pelos ministérios competentes, que devem encontrar meios de viabilizar as contratações. Eles seriam para reposição de vagas no INCRA, ICMBio, IBAMA e também na FUNAI.

O último concurso
FUNAI foi realizado no ano de 2016. Na época, a oferta inicial foi de 220 vagas, mas segundo informações do órgão, foram convocados todos os candidatos aprovados e mais 50% dos classificados excedentes.

As oportunidades eram todas de nível superior, nos seguintes cargos: Contador, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Agrimensor, Engenheiro Civil e Indigenista Especializado.

Pedido do novo concurso FUNAI prevê edital com 826 vagas

Foi confirmado pela Fundação Nacional do Índio, a solicitação para o novo concurso
FUNAI. O pedido já foi encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), órgão ao qual é vinculada. Se autorizado, o edital poderá ser divulgado no primeiro semestre de 2021.

De acordo com informações, foi solicitado o aval para provimento de 826 vagas nos níveis médio e superior. Após análise do MJSP, o pedido será encaminhado para autorização do Ministério da Economia.

As lotações previstas estão distribuídas entre as unidades descentralizadas em todo o Brasil, além do Museu do Índio, no Rio de Janeiro, nas Frentes de Proteção Etnoambiental, e na sede da fundação, no Distrito Federal.

Para o nível médio, as vagas solicitadas são para o cargo de Agente em Indigenismo. De acordo com dados de junho de 2019, o salário inicial é de R$ 5.349,07.

Já para o nível superior, as vagas solicitadas são para os seguintes cargos:

  • Indigenista Especializado;
  • Técnico em Assuntos Educacionais;
  • Técnico em Comunicação Social e Zootecnista.

Segundo dados de junho de 2019, para essas carreiras a remuneração inicial é de R$ 6.420,87. A FUNAI
irá confirmar posteriormente a distribuição das vagas entre os cargos.

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1″;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’facebook-jssdk’));

Fonte: Nova Concursos

(Veja agora a notícia com detalhes) – Órgão esclarece sobre grupo de trabalho formado!



Baixar apostila para concurso

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!