Não perca tempo! PASSOS DE GIGANTE 154/365

Hoje tá surreal o conteúdo…

Decolaaaaaaaaaaaa Águiaaaaaaaaaa! Vamos colocar em prática o aprendizado de ontem? Hummm… você ainda não leu os Passos de Gigante 153? Xiiiiiiiii… Hoje vamos falar sobre perspectivas e visões enfrentando a mesma situação. Nem melhor, nem pior… apenas diferente.

Cenas do último capítulo de Passos de Gigante 153: falamos sobre poder das palavras e como esse ensinamento se repete na Bíblia. Você pode ou não usar essa dádiva, independentemente de qualquer religiosidade. Falei também sobre hardwork e traição no ambiente de trabalho. Leu? Sim? Não? Talvez? Voaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…

DEUS É REALMENTE extraordinário, pois a história que eu começo a escrever nesta madrugada está totalmente conectada com o conteúdo escrito pelo Tony no PG154. Ah… dou um suspiro profundo e fico aqui comigo… e agora contigo… refletindo sobre os aconselhamentos de alguns colegas de trabalho da SEFAZ e do Estratégia Concursos:

” – Rapha, se eu fosse você eu tirava uns dias para adiantar os Passos de Gigante!”

“- Rapha, já pensou se as crianças isso, as crianças aquilo… como é que você honraria a tua palavra e o teu comprometimento de escrever 365 Passos de Gigante?”

” – Rapha, se é louco de escrever algo tão louco por tanto tempo com Secretaria de Fazenda e ainda dois gêmeos recém-nascidos para criar”.

Tenho 24h para entregar os Passos de Gigante e estou repetindo isso por 365 dias.

Não adianta… o sobrenatural de DEUS está comigo e toda HONRA e toda GLÓRIA a ELE. Olha a história de hoje e depois leia a que eu irei te contar. Aconteceu HOJE… antes mesmo de eu pensar em sentar aqui para escrever o PG154.

O senso de urgência me ajuda a escrever. Além disso… fatos do meu dia a dia (presente), do meu passado ou das minhas intenções quanto ao futuro também me ajudam a escrever. Se liga!

“Há anos fiz uma descoberta que mudou a minha vida para sempre. Estava numa reunião de negócios com dois sócios, e recebemos notícias que certamente produziriam consequências negativas. Cada um de nós demonstrou uma intensidade emocional diferente em relação àquilo. E mais, não pude deixar de perceber que todos tínhamos maneiras diferentes de descrever como nos sentíamos. Eu estava “irritado”, um dos sócios estava absolutamente “furioso” e o terceiro estava meramente “aborrecido”. Lembro-me de ter pensado: que palavra estúpida para descrever a situação! Eu nunca me sentia aborrecido. Interessante: eu nunca sentira essa emoção e nunca usara a palavra para descrever como me sentia. Comecei a me perguntar: se você estabelecer um novo conjunto de palavras, será que pode transformar seus padrões emocionais? (ROBBINS, Anthony, pag. 177. Passos de Gigante: Pequenas mudanças que fazem grande diferença. 2ª ed. Rio de Janeiro: Viva Livros, 2016)

O que aconteceu foi extraordinário e transformador. Saca só…

Era uma vez, um jovem menino que sonhava em ser piloto de avião… não deu certo… ele acabou se tornando pai de gêmeos incríveis e está auditor fiscal da receita neste momento.

Todos os dias ele se preocupa e ama muito seus filhos. Esse cara sou eu e me vejo como um satélite girando em torno desses dois novos sóis da minha vida.

Nossa espaçonave – SQN

Tudo estava muito bem… problemas de trabalho superados e totalmente desvinculados da vida familiar… cada desafio no seu quadrado. Ontem, ao levar as crianças ao pediatra identifiquei que o carro estava com apenas 3 (três) pinos de gasolina.

Consequência natural: teríamos que abastecer nossa espaçonave antes de sair para o espaço sideral pela primeira vez com os babies. Além de executar os procedimentos normais (calibrar os pneus) e deixar os de emergência em observação (estepe calibrado, macaco, triângulo etc).

Até essa parte… tudo dentro da normalidade… enchemos o carro com as bagagens, idas e vindas… sobe e desce de elevador carregando um milhão de coisas aqui e outras ali, além daquela tradicional pergunta:

“Será… será que estamos esquecendo alguma coisa?”

Double Check List executado e pé na estrada.

Chegando no estacionamento… foi identificado um OPTI – Objeto Perturbador Totalmente Identificável: um dos quatro pneus estava bem baixo. Eis que uma nova dúvida surgiu naquele momento:

“Será… será que já estava assim ontem?”

Paramos em um posto bem perto de casa, vamos calibrar e depois abastecemos. Crianças no bebê conforto… ar condicionado… tudo muito tranquilo ATÉEEEEEEEEEEEEEEE QUE…

Por que não encheeeeeeeeeeeeee?

Ai MEU DEUS! Até que eu percebi que o pneu não estava enchendo de jeito algum… eu não estava entendendo absolutamente nada e JOGUEI A CULPA toda no calibrador… Ora… ora… essa ferramenta deve estar quebrada.

Ai MEU DEUS PARTE 2! Alguns minutinhos depois… dois ou três no máximo… percebendo que eu não saía daquele pneu… meu NORTE e SAMURAI FERREIRA saí do carro para tentar entender o que estava acontecendo.

PRESTEM BASTANTE ATENÇÃO A PARTIR DE AGORA, pois para aprender e levar esse conhecimento/aprendizado para sua vida e para os seus estudos, você deve observar as diferentes perspectivas dos envolvidos. Tinham vários. SE LIGA HEIN! Quando você está estudando isso acontece de um jeito diferente, mas acontece.

Quando minha linda samurai saiu do carro, eu já estava calibrando os outros pneus… para o meu espanto… todos eles estavam recebendo a pressão perfeita para voarmos mundo afora. Não era defeito do calibrador.

Por causa disso, o pneu só poderia estar furado… Minha princesa forte como um gigante resolveu meter a mão na massa e tentar calibrar… o problema poderia estar comigo… quem sabe…

PUTZ! PNEU FURADO! E AGORA… QUEM PODERÁ ME DEFENDER?

Assim que ela agachou… não… não… não… não… seu olho de thundera (visão além do alcance) encontrou um parafuso fincado na roda. Com os olhos brilhando como as brasas e a voz crepitando como o estalar das madeiras ao fogo vociferou:

“Você poderia ter visto isso ontem… eu tenho que ver tudo… se você tivesse abastecido ontem… você teria visto… se isso… se aquilo…”

Respirei fundo… e disse:

“Vamos focar na solução e vamos além… vamos aprender com isso?”

E agora… será que ele vai saber trocar o pneu e oferecer segurança para os meus filhos?

Não adiantou muita coisa… os HORMÔNIOS PÓS PARTO SÃO TERRÍVEIS… Ali a samurai se transformou… tivemos que arrancar as crianças do carro… tirar as coisas da mala e eu não parava de rir por dentro.

De todo o meu coração GIGANTES, de coração mesmo… não era deboche. Eu tinha certeza mais do que absoluta de que tudo iria dar certo. SEMPRE DÁ!

Como eu nunca tinha trocado pneus do Hondinha, fui aprender na prática. Pensei que seria molezinha, pois na antiga Palio eu já havia trocado umas duas ou três vezes.

Ora… não tem mistério… coloca o macaco no lugar certo… levanta com a chave de roda e BINGO!

O posto era muito confortável. Havia lugar para minha sogra e esposa sentarem e ficarem com as crianças. A bagagem da mala foi temporariamente transferida para o banco dos caronas.

Pedi ajuda aos frentistas. Eles se recusaram alegando que o posto estava lotado no feriado e que quatro funcionários não dariam conta do atendimento aos carros e ainda investir tempo me ajudando… mesmo pagando… Sorri mais uma vez e fiz um HAKUNAAAAAA MATATAAAA! (Passos de Gigante 123).

Por causa disso tudo, eu vou aprender a trocar esse pneuzinho lindo do Hondinha, ah vou…

Peguei meus fones, coloquei a trilha sonora desse link que eu compartilho com vocês. Eu a uso para estudar, ler, escrever os Passos de Gigante e em alguns momentos de conflito.

A guerra estava instaurada, pois o amor da minha vida mudou completamente sua postura… virou um pitbull e não estava com cara de amiga do dono…

Essa era a chave de roda que eu usava no Palio.

A chave de roda era bem esquisita, pois era diferente da do Palio. Parecia que só tinha a metade dela. Ouvindo minhas músicas da paz e da alta performance sentei minha bunda no chão e gira… gira… gira… gira… gira… NADA…

O macaco praticamente não se mexia… situação dos envolvidos:

SAMURAI: sentada com os babies;

SOGRITCHA: vendo tudo ao meu lado e torcendo para dar certo… eu senti a aura dela… era uma energia abençoada;

FRENTISTAS: vendo tudo a distância, mas não podiam ajudar… posto cheio de câmeras e o patrão poderia estar curtindo uma praia e pegar o celular para vigiar os seus funcionários a qualquer momento… quem sabe…

O que eu faço com tudo isso? (Rs)

Por causa da ineficácia da metade da chave de roda, resolvi usar a cabecinha… não gastei tudo na prova de auditor fiscal né? (rs).

Peguei uma chave de fenda e usei em um dos buracos do macaco. Começou a girar muito mais rápido e eu sorri muito, mas muito mais forte… Dessa vez para fora! 🙂

Até pedi para sogritcha comprar um redbull. Se a samurai iria aprovar ou não… nem pensei nisso…

De repente… não mais que de repente… uauuuuuuuuuuu… eis que aparece um anjo… um moreno bonito, barba bem feita, estilo lenhador, carrão, bem acompanhado e SUPER ULTRA MEGA GENTIL.

Ele se aproxima de mim… pergunta se poderia ajudar a fazer todo aquele esforço com a chave de fenda se transformar em algo muito… muito fácil.

” – CLARO!” Eu respondi.

Era para ter encaixado as duas partes de uma peça para criar a chave abençoada

Ele disse que a chave de roda estava incompleta e que eu precisaria encaixar a outra parte para que elas se completassem. Mais do que falar, ele pegou as partes, montou o sistema completo deu meia dúzias de giros em um segundo, depois exclamou:

“Agora, eu tenho fé que você vai conseguir! Boa sorte!”

Eu agradeci muito, mandei mais um sorrisão das galáxias, tomando meu redbull que muito mais que me dar asas, mandou um anjo direto para os meus braços.

Ri com a sogrictha e num piscar de olhos… o carro estava de pé! Impressionante como foi rápido. Eu já estava com a mão completamente preta e com todos os machucados abertos pelo boxe sangrando…

A cena, pelo menos para mim, foi épica. Curti muito como tudo aconteceu. Que desafio! Que aprendizado! Eu fiquei ainda mais feliz e fui até a área de clientes para pegar minha esposa e as crianças.

Não… Não… Nãooooooooooooooooooooooooooooooo… OS EFEITOS DOS HORMÔNIOS DO PÓS PARTO ainda não tinham sido eliminados… mesmo com o pneu trocado e estepe calibrado.

Visões são alinhadas com COMUNICAÇÃO!

Pensei: PONTE QUE PARTIU! MAIS QUE MELECA! ESSE FERIADÃO SERÁ UM INFERNO SE EU NÃO FIZER ALGUMA COISA AGORA!

Resolvi vestir a roupa do idiota por míseros 10 segundos.

Falei bem assim e só para ela ouvir que eu ODEIO barraco em público:

“Eu vou para casa de praia, deixo você lá e volto para casa, pois preciso de paz PELO AMOR DE DEUS! SÓ QUERO PAZ CACETE!”

Talvez você acredite, talvez não… eu acredito que as crianças sentem essa vibe… eles sentem essa energia pesada… um deles começou a chorar e aquilo DILACEROU MEU CORAÇÃO DE PAI CORUJA.

Carro abastecido… pneus trocados… tudo dentro das condições de normalidade após 3 minutos de paz e pé na estrada.

Não… não… não… não me aguentei… fiz um hakuna matata… fiz uma unção divina… toquei no crucifixo que fica no carro… pensei bem rapidamente em como transformar um final de semana de merda em algo muito fodástico. Eis que surgiu a resposta num piscar de olhos:

AR – AMOR E RESPEITO

“FILHO… USE O QUE VOCÊ APRENDEU NO MÉTODO CIS QUANDO VOCÊ PARTICIPOU COMO LÍDER DOS MONITORES”.

YEEEEEEEEEEEEEEEEEEES! Como não pensei nisso antes. Essa chave abre praticamente todas as portas!

NENHUM RELACIONAMENTO NO UNIVERSO vive sem oxigênio, sem AR – “A” de amor e “R” de respeito.

Diminui completamente o som do carro. Disse que ela é a mulher da vida que com os milagres de DEUS tivemos dois lindos filhos e que nada no Universo iria nos separar… muito menos um ataque de fúria de samurai causado muito mais pelos hormônios do que por qualquer outra coisa.

Falei que meus avós ficaram juntos mais de 70 anos e era essa história que eu iria construir com ela. Também disse que era desagradável falar tudo aquilo na frente da mãe dela.

Vocabulário de SUCESSO!

Eu, sinceramente, vi tudo que aconteceu como um livramento de DEUS… algum carro poderia bater no nosso em algum momento da viagem… ou poderia ultrapassar o sinal e nos acertar… não adianta… eu sempre escolho acreditar que DEUS olha por mim… HAJA O QUE HOUVER…

Depois de declarar o meu amor por ela, pelas crianças e citar o desafio que ela resiste em vencer (dificuldade em pedir perdão)… eu disse:

“Eu mesmo peço perdão por você, pois imagino que você não irá fazer isso… é desafiador para você… te entendo”.

De coração… disse com amor e sem sequer usar a palavra orgulho.

Certamente algum anjo falou através de mim, pois depois daquilo que PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAZ no carro! MEU DEUS! Aleluia!

Chegando em Niterói, em frente a uma das praias, Dudu começa a berrar sem parar… já o Guilherme… ele estava com caras de poucos amigos, mas ainda assim estava quieto.

Meu sonho… a realidade foi outra… (rs)

Não teve jeito. Ele começou a chorar de uma forma ainda mais intensa… e não parava de jeito algum… viajar com recém-nascido é um desafio e eu tinha FÉ em DEUS que tudo iria dar certo.

Um breve pedido a ELE e eis que duas lindas vagas apareceram como mágica diante dos nossos olhos na praia de São Francisco.

Não questionei ninguém. Já fui parando o carro e disse:

“Vamos amamentar aqui… vai ficar tudo bem… vai dar tudo certo…”

O funcionário da prefeitura viu que era apenas um pitstop de amamentação de gêmeos e ficou sensibilizado. Achei bem bacana da parte dele. 30 minutos depois, Dudu já estava no bebê conforto… bem alimentado… já tinha arrotado… e Gui estava nos finalmente…

Que DIA INCRÍVEL DEUS! Muito obrigado! Quantos aprendizados! Chegamos em Piraaaaaaaaaaaaaaaatininga!

Depois de tudo instalado consegui arrancar um sorriso e um beijo da mulher que colocou raízes em meus pés para que eu não vivesse no mundo da lua. ELA É INCRÍVEL! ELA É UMA SUPERMÃE! ELA É A MULHER MARAVILHA! Amamentar dois bebês o tempo todo, sem mamadeira, sem qualquer tipo de complementação, não dormindo e estando o tempo todo PRESENTE com os meninos… ISSO NÃO É PARA QUALQUER MULHER! Só mesmo uma super mãe com super poderes consegue essa façanha!

Isso não tem preço! 🙂

Parabéns meu F-3! Minha fé, meu foco, minha força, vencemos JUNTOS mais um desafio e o nosso feriadão será sim MUITO ABENÇOADO E EXTRAORDINÁRIO!

MORAL DA HISTÓRIA: Coloque AR em todos os seus relacionamentos, inclusive nos seus estudos. O quanto você tem amado, de coração, os seus estudos? O quanto você tem respeito por você, pela sua vida, pelos seus sonhos e pelos seus resultados?

FAÇA VALER A PENA! Não dinheiro no mundo que pague amor e respeito. Você pode ter segurança no trabalho, estabilidade, muito dinheiro, mega milionário das galáxias, fama… e blá blá blá blá… não adianta… só isso sem AR, você não consegue respirar e vai morrendo aos poucos…

Visão final dos observadores (na minha percepção)

EU: doido de ficar rindo o tempo todo… efeitos colaterais do hakuna matata… talvez isso tenha assustado os frentistas a me ajudarem… será? hahahahahaha…

SOGRITCHA: Foi um anjo… não meteu em absolutamente nada vezes nada. Fez o papel de Santa Intercessora e cumpriu com louvor sua missão. Enviou algo muito forte para mim.

ESPOSA: Deixou-se influenciar pela falta de pró-atividade do marido em ter feito tudo na véspera… mudou sua aparência… deixou sua alegria ser drenada pelos hormônios… faltou autorresponsabilidade… faltou muita coisa… faltou o método CIS… faltou inteligência emocional… SOBROU PREOCUPAÇÃO com as crianças…

NOTA: Não crie expectativas sobre o comportamento de outras pessoas. VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL PELO SEU COMPORTAMENTO e não dos outros. VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL PELA FORMA COMO VOCÊ REAGE AO COMPORTAMENTO DOS OUTROS! SE LIGA HEIN!!!

FRENTISTAS: mero figurantes, não fizeram absolutamente nada… nada além de olhar… passar para cá e para lá… não merecem sequer um comentário aqui… Como falei lá em cima… no posto tem câmeras e eu não conheço o chefe deles… pode ser alguém que trabalha com o medo… não sei… prefiro achar que eles tem bom coração e que são medrosos.

PALAVRA CONVENCE E O EXEMPLO ARRASTA! Segue o meu desempenho do dia 20 de junho de 2019.

DESAFIOS DOS GIGANTES:

1.Leitura de Provérbios – link aqui. Detalhes nos Passos de Gigante 72.

2. Acordar 30 minutos mais cedo. Não tem mistério, mas se quiser maiores detalhes, leia os Passos de Gigante 125.

3.Utilizar o app aprovado diariamente, pois aquilo que não pode ser medido, não pode ser melhorado! 🙂

SEJA RESPONSÁVEL COM A SUA FELICIDADEFAÇA A SUA PARTE!

AÇÃO ÁGUIA! Lute! Dê o seu melhor! O lápis e o papel estão contigo neste momento PRESENTE para você crescer e contribuir. O nosso Brasil precisa de você, de mim, de NÓS!

Fez isso? Parabéns… estamos juntos na jornada rumo à realização dos seus sonhos. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…!

QUER CONHECER MINHA HISTÓRIA? CLICA AQUI 🙂

NÃO GOSTA DE ESTUDAR E QUER SER ALGUÉM NA VIDA? CLICA AQUI 

QUER VOAR RUMO AOS SEUS SONHOS, ENTÃO SIGA MEU CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS EM… 

Youtube: RAPHAEL LACERDA – EDUCAÇÃO TOP

Facebook: LACERDAF3

Instagram: LACERDAF3

Twitter: @Lacerda300

Uma sexta-feira extraordinária! Use e abuse do AR (Amor e Respeito) em seus estudos. Faça os exercícios propostos. Só assim os resultados aparecerão! 🙂 Acredite! É possível… Aos astros e além!

Raphael Lacerda – Master Coach FEBRACIS (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico)



Créditos:

Estratégia Concursos

Acesse o material completo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: