fbpx

Nego Di pede perdão pelos erros e relata linchamento virtual

Nego Di publicou diversos vídeos no Instagram nesta sexta-feira (19) e comentou sua participação no “BBB21”. Ao registrar o maior índice de rejeição do reality, com 98,76% dos votos, ele falou sobre suas piadas ofensivas, a relação com Lucas Penteado, os comentários sobre Arlindo Cruz e o cancelamento nas redes sociais.

VOCÊ VIU? Netflix confirma segunda temporada de “Fate: A Saga Winx “

César Filho recebe alta após internação por Covid-19

“Não paga as minhas contas”, diz Tiago Abravanel sobre o avô

Belo é solto após prisão por show ilegal na pandemia

“Estou tentando ficar bem, tentando melhorar. Tenho bastante coisa para falar. Desde quando saí da casa, praticamente não parei. Não dormi direito, não comi. Fiz coisas que estavam no contrato que não poderia deixar de fazer (…) Achei que estivesse pronto psicologicamente, maduro o suficiente para encarar essa experiência. Mas eu não estava. Já passei por muita coisa na vida, muitas dificuldades, consegui vencer”, disse o comediante.

“Fiz muita piada idiota e só depois que saí de lá que pude perceber o quanto eu errei. Mas tive muitos acertos. Um grande erro que tive com Lucas foi ter virado as costas para ele. Talvez por não aguentar mais determinadas situações e não ter conhecimento de outras situações que ele passava. Muita coisa que ele sofreu, eu não estava presente no momento”, afirmou ele.

“Escolhi o lado errado. Foi um dos meus maiores erros lá. Não ter sensibilidade o suficiente para acordar para o jogo (…). Eu errei, eu escolhi ter aquelas atitudes erradas. Eu admito. Não vou chegar aqui agora e dizer nunca mais quero olhar na cara de tal integrante porque aqui fora estou vendo que essa pessoa está errada. Tenho certeza que assim como eu fiquei devastada quando eu vi o estado caótico que estava minha vida pessoal e profissional, essas pessoas também vão ficar muito triste e abaladas. Até piores do que eu”, continuou.

“Eu vejo que quanto mais as pessoas ficam lá dentro, mais elas se afundam nos próprios erros, mas atitudes e escolhas erradas. Eu não estou aqui para julgar e apontar dedos, nem tirar o peso dos meus erros e das minhas palavras das minhas costas não. Eu errei sim, me arrependo, me envergonho”, admitiu.

“Me envergonho de muita coisa que eu falei quando eu assisto a esses vídeos, tenho vergonha de saber que a minha família também assistiu tudo isso, porque eu não fui pra lá para fazer isso, eu fui para correr atrás do meu sonho, eu fui para dar uma vida melhor pra minha mãe, para dar uma dignidade que eu não tive pro meu filho. Era esse o meu objetivo”, falou ele.

ARLINDO CRUZ

Nego Di também falou sobre seus comentários sobre Arlindo Cruz. “Antes do Big Brother também eu havia feito piadas que eu não me orgulho, pelo contrário me arrependo muito, me envergonho também. Mas antes mesmo de saber que eu entraria, eu já tinha mudado meu posicionamento, inclusive debati com muita gente. Em determinado momento eu percebi que aquele humor que eu estava fazendo machucava várias pessoas e o humor é isso, ele passou por evoluções ao longo dos anos. Eu optei por acompanhar essa evolução e tiveram piadas antigas que eu fiz que vieram à tona. Hoje minha cabeça é outra, sou pai. Uma piada que veio à tona foi que eu fiz com o sambista Arlindo Cruz, e eu não me orgulho nenhum pouco de ter feito. Na época, já tinha pedido desculpas e levantaram novamente essa questão e eu estou aqui novamente para pedir perdão”, explicou.

“Não parei para pensar, poxa, se fosse minha mãe, se fosse meu pai eu não ia gostar também. Não tenho mais nada para falar a não ser pedir perdão a toda família. Estou aqui para arcar com as consequências dos meus erros. Se quiserem entrar com uma ação, processo, eu vou assumir todas as consequências tranquilamente porque eu sei que eu errei. E tem outras piadas também que eu já tinha feito, mas uma parada que eu falava muito dentro do Big Brother é que eu era e sou humorista em desconstrução tentando aprender”, continuou Nego.

REJEIÇÃO

“Essa rejeição foi um choque, tu sai de uma casa onde tu está completamente alienado do que está acontecendo e é empurrado para um ao vivo, com um Tiago Leifert e fui eliminado com 98,76%, é um choque. Que merda que eu fiz? Foi isso que eu pensei. Aí a galera tenta dizer: ‘Não, está tudo bem, vai dar tudo certo’. Quando eu peguei meu celular, eu estava recebendo uma enxurrada de xingamentos, ofensas. Ofensas racistas, xenofóbicas”, detalhou Nego.

AMEAÇAS

“Porque eu fui julgado de uma maneira muito cruel. Não foi um cancelamento, foi um linchamento. Quando acabou o jogo, eu fui ameaçado de morte, a minha mãe foi ameaçada de morte. Eu recebi mensagens, a mãe do meu filho recebeu mensagens que iam esquartejar o meu filho de cinco anos, esquartejar minha mãe. Meu filho não está mais indo à escola, tá rolando aula e ele não está indo, minha mãe não está saindo de casa. Eu estou sendo julgado como se eu fosse um criminoso, pior que um criminoso. Porque não existe pena de morte no Brasil e estou sendo julgado como se eu tivesse matado alguém, como se eu fosse um serial killer, um psicopata, sei lá. Não tem como dizer a maneira como estão me julgando e me linchando na internet. A visão lá de dentro é essa, a gente fica cego, a gente se entrega. Ou a gente se entrega para o jogo ou vai lá só para passear. Eu decidi me jogar, me entregar, tentar acreditar nos meus instintos, nas coisas que eu via e escutava. Errei? Errei em várias coisas, estou aqui para assumir, para matar no peito. Eu fiquei muito triste porque vi muitos artistas promovendo o meu cancelamento e não só o meu cancelamento, mas meu linchamento na internet. Artistas grandes que inclusive para a minha decepção, artistas que eu sempre fui fã, mandei direct pedindo ajuda. Me ajuda, eu sou um humorista gaúcho. Estou aqui, tenho um trabalho”.

“Eu sou um cara que, por mais que tenha passado por várias coisas, e que eu tenha achado que estava pronto, sou maduro, tenho só 26 anos, uma responsa muito grande nas costas. Uma família, uma galera que dependia desse sonho, dessa oportunidade. Me sinto triste por ter decepcionado e magoado essas pessoas. Mas preciso viver, trabalhar. Quero entender até quando vai isso, o que as pessoas querem de mim? Querem que eu desista da minha própria vida, que eu me mate. Recebi mensagens para eu me matar, ‘Se mata logo seu lixo’. Eu tenho que me matar, desistir da minha carreira? Quero entender até onde vai o pensamento das pessoas”.

Fonte: Famosidades

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais