fbpx

‘Netflix de academia’, ClassPass recebe aporte de US$ 285 mi e vira unicórnio

A startup americana ClassPass, que tem um serviço de assinaturas de academias, estúdios de atividade física e de beleza, anunciou nesta quarta-feira, 8, ter recebido uma rodada de aportes de US$ 285 milhões. O investimento foi liderado pelos fundos americanos L Catterton e Apax Digital, com a participação do Temasek, fundo soberano de Singapura. Com os recursos, a startup que chegou ao mercado brasileiro em dezembro se tornou um unicórnio – empresa avaliada em US$ 1 bilhão ou mais.

“É uma rodada que vai beneficiar bastante o investimento da ClassPass no Brasil”, afirma Rodolfo Ohl, gerente geral da americana aqui no País. Sem mencionar valores específicos direcionados ao mercado nacional, ele afirma que a empresa quer transformar o Brasil em seu terceiro maior território no mundo até o final de 2020, atrás apenas de EUA e Grã-Bretanha. Para Ohk, há bastante espaço para crescer: “o Brasil é hoje o segundo maior país em número de academias, mas a taxa de penetração é de apenas 5% da população”.

Por enquanto, a startup está apenas presente em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde já fechou parcerias com empresas como a rede BioRitmo. “Também estamos em conversas com a SmartFit”, afirma Ohl. Os planos da ClassPass são de assinaturas mensais e variam entre R$ 99 e R$ 499 – cada plano dá direito a um determinado número de créditos, que podem usados como moedas na hora de reservar aulas.

“Implementamos tarifas dinâmicas de acordo com a demanda das aulas, para tentar reduzir a ociosidade dentro das academias”, explica o executivo. Questionado, Ohl diz que ainda não tem definidas as cidades para as quais a empresa pretende se expandir pelo País até o final do ano, mas afirma que a Classpass “estará nas principais capitais.”

Para ser bem sucedida no Brasil, porém, a ClassPass terá de superar a rivalidade com uma startup brasileira do mesmo setor: a Gympass, que vende planos de assinatura de atividades físicas para companhias, que por sua vez podem oferecê-los a seus funcionários como benefício corporativo.

Considerada unicórnio desde junho de 2019, a Gympass está presente em 22,7 mil academias do País, com 1,6 mil cidades diferentes. Também atua em outros 13 países além do Brasil – já a ClassPass está em 28 territórios. Para Ohl, no entanto, o principal rival da ClassPass por aqui é o sedentarismo. “Precisamos tirar as pessoas de frente da televisão e das redes sociais”, afirma o executivo.

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – TECNOLOGIA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!