No aniversário de lançamento de Harry Potter, 22 criações da saga que gostaríamos que existissem – Instagram – Glamurama

Você é um bruxo, Harry! Há 22 anos, em 26 de junho de 1997, a escritora britânica J.K. Rowling publicou o primeiro volume da história de Harry Potter, depois de ter a ideia rejeitada por 10 editoras. Hoje, poucos livros podem ser comparados em termos de popularidade: a primeira obra “Harry Potter e a Pedra Filosofal” foi seguida por mais seis livros, oito filmes sobre a série principal e mais cinco filmes derivados do universo mágico de HP, sendo que três deles ainda serão lançados e vão dar continuidade à história de “Animais Fantásticos e onde habitam”. Inclusive, a próxima produção será ambientada no Brasil e tem data de estreia marcada para 20 de Novembro de 2020.

Quer mais? A saga ainda conta com uma peça de teatro, parques temáticos, percurso turístico na Escócia, exposição permanente em Londres e inúmeros objetos de marketing sobre o menino bruxo e seu mundo de magia. Para comemorar, Glamurama que é fã de Harry e sua turma reuniu 22 criações da saga que gostaríamos que existissem de verdade.

Hogwarts

É claro que não poderíamos começar essa lista com algo diferente da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, ou simplesmente, Hogwarts. E quem não gostaria de estudar em um enorme castelo antigo, cheio de torres com suas muitas salas, passagens secretas e escadas que se movem sozinhas? Beauxbatons e Durmstrang que nos perdoem, mas Hogwarts é o nosso lar!

Correio Coruja

Cansado da demora dos correios? Não teríamos  esse problema com o correio coruja, já que além de rápidas elas sempre sabem onde encontrar o remetente ou destinatário… sem falar na fofura de ter suas cartas entregues por uma ave como Edwiges!

Quadribol

Você não precisa adorar esportes, mas é impossível não se apaixonar pelo esporte favoritos dos bruxos, o Quadribol. Como na maiorias dos outros esportes, o objetivo é conquistar o maior número de pontos no final da partida, a diferença é que se joga completamente no ar em vassouras voadoras e com quatro bolas. Falando nisso, não dá para dizer que também não gostaríamos ter uma vassoura como a de Harry, né? E nem precisava ser uma Firebolt!

A Toca
A Mansão dos Malfoy, a Casa dos Dursley, a Casa dos Black, o Caldeirão Furado e até mesmo Hogwarts… a saga escrita por J.K nos apresentou a vários lugares dignos de serem chamados de lar, mas nenhum tão aconchegante e feliz como A Toca, a casa da família Weasley, que só fica de pé por conta da magia que a sustenta. Por dentro é pura confusão, mas confortável e acolhedora. Com certeza está na nossa lista de lugares que gostaríamos de conhecer, e nem ligaríamos para o vampiro gemendo no sótão, tá?

Fotos que se mexem

Tá, ok! Nós temos os boomerangs e os gifs que podem até se assemelhar às fotos do mundo mágico que se mexem de verdade, mas não é igual a “visita” que na história é possível fazer entre um quadro e outro com a mesma imagem!

Dobby, Bicuço, Fawkes e todos os animais fantásticos

O mundo mágico de J.K nos apresentou inúmeros animais fantásticos dignos de ganharem seus próprios longas, como a série “Animais Fantásticos e onde Habitam”. Seria realmente muito bom viver em um mundo onde existem dragões, unicórnios, testrálios, centauros, sereianos… mas quem realmente ganhou os nossos corações foram Dobby, o elfo livre; Bicuço, o hipogrifo de Hagrid; e Fawkes, a fênix milagrosa de Dumbledore. Ah, claro, íamos querer evitar o encontro com espécies como basilisco e as aranhas gigantes como Aragogue, que aparecem em “A Câmara Secreta”, e Nagini, a maligna cobra que nos é apresentada em “O Cálice de Fogo”, bichinho de estimação de Voldemort – perdão – Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado.

Pedra Filosofal

Invenção do alquimista Nicolau Flamel e do professor Dumbledore, a Pedra Filosofal e o mistério em torno dela foram a porta de entrada para os fãs entrarem ao mundo de Harry. Mas, quem não gostaria de uma pedra que transforma qualquer “metal inferior” em ouro e ainda produz elixir da vida?

O Torneio Tribruxo

Se já ficamos tão animadinhos com a Copa do Mundo de Futebol, imagine como seria se existisse realmente um Torneio Tribruxo? Trata-se de um campeonato entre as três maiores escolas de magia da Europa: Academia de Magia Beauxbatons, Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e Instituto Durmstrang, em que cada escola é representada por um Campeão, que precisa realizar, ao longo do ano, três tarefas mágicas. Algo parecido com jogos universitários, só que você precisa fugir de um dragão, monstros do lago… e eventualmente pode morrer. Uau!

O Beco Diagonal

Bom, se você precisa comprar livros para estudar magia e bruxaria, uma varinha mágica, uma coruja, sacar um pouco de dinheiro bruxo do Gringotts ou talvez comprar ovas de sapo para uma poção, já sabe onde encontrar, né? Seria fantástico passear pelo Beco Diagonal e conhecer todos os tipo de lojas estranhas que existem por lá!

Dedos de Mel

Com prateleiras e mais prateleiras de doces com a aparência mais apetitosa que se pode imaginar, como tabletes de nugá, quadrados cor-de-rosa de sorvete de coco, caramelos cor de mel; centenas de tipos de bombons; barricas enormes de feijõezinhos de todos os sabores, delícias gasosas… fica realmente difícil não querer fugir de Hogwarts sob a capa da invisibilidade para conhecer a doceria Dedos de Mel!

Pó de Flu

Claro, para chegar ao Beco Diagonal com rapidez de um bruxo, nada melhor que usar um pouquinho de Pó de Flu! É um pó reluzente e prateado usado para viajar através da Rede de Flu, que conecta casas e edifícios bruxos pelas lareiras.

Nôitibus Andante

Mas se você não se sente confortável em viajar por ai numa rede de lareiras com um pó mágico, a solução para chegar a qualquer lugar é o Nôitibus Andante. Um ônibus roxo-berrante, de três andares e com camas ao invés de assentos, que é o transporte de emergência para bruxos e bruxas perdidos. Ele leva seus passageiros a qualquer lugar em terra, mais rápido que qualquer ônibus dos trouxas (nome dado para quem não é bruxo) e sem se preocupar com batidas, pois tudo o que cruza o seu caminho, num passe de mágica, sai do lugar e volta ao normal quando o ônibus passa.

Gemialidades Weasley

Orelhas extensíveis, forca reciclável, kit mata-aula, poções do amor, mini-pufes… seria um crime entrar na loja de logros e brincadeiras dos Gêmeos Fred e Jorge Weasley e não gastar um saco de galeões (o dinheiro dos bruxos) por lá!

Accio e Expecto Patronum

Ok, fazer qualquer feitiço com uma varinha mágica seria demais! Mas poder usar o Accio, um feitiço de convocação que traz um objeto até a pessoa que o lança, seria ótimo para nunca mais perder o controle remoto, concorda? E o Expecto Patronum, que conjura um guardião mágico projetado dos seus sentimentos mais positivos, nos ajudaria a superar os dias ruins, já que na história eles combatem os dementadores, guardas da prisão dos bruxos que foram inspirados nos sentimentos da depressão. Certeza que esses dois seriam os nossos favoritos, né?

Varinhas Mágicas

Falando em feitiços, não precisamos nem dizer o quanto gostaríamos de ter uma varinha mágica de verdade, né? Mas não esqueça, é a varinha que escolhe o bruxo, e não o contrário!

Poções Polissuco e Felix Felicis

E como nem só de feitiços vive o bruxo da atualidade, saber fazer uma poção como Felix Felicis, que torna aquele que a bebe absurdamente sortudo, ou Polissuco, poção que permite assumir a aparência física de outra pessoa, parece bem útil, vai?

Animagos e Metamorfomagos

Provavelmente, mais legal do que ser um bruxo, seria ser um ‘animago’ como a professora Minerva Mcgonagall e poder se transformar em um animal, ou um “metamorfomago” como a personagem Tonks e se transformar em qualquer coisa, animal ou pessoa.

Harry Potter Professor Mcgonagall GIF - Find & Share on GIPHY

Três Vassouras e Caldeirão Furado

Sopa de ervilhas – trace elas antes que elas tracem você! – no bar Caldeirão Furado ou uma deliciosa cerveja amanteigada no pub Três Vassouras? O happy hour dos bruxos é realmente interessante!

Penseira

Está na nossa lista de coisas incríveis de Dumbledore que gostaríamos que existisse de verdade com certeza: a Penseira, objeto usado para revisar memórias. Além de assistir tudo como se estivesse revivendo aquele momento, você ainda pode mostrar suas lembranças aos outros.

Capa da invisibilidade

Ok, nós sabemos que ficar por aí atrás das Relíquias da Morte não é uma boa ideia… Grindelwald e Dumbledore que o digam, né? Mas esqueça a Varinha das Varinhas e a Pedra da Ressurreição, só queríamos uma capa da invisibilidade para escapar por aí de fininho!

Vira tempo

O vira tempo, que foi nos apresentado por Hermione em “O Prisioneiro de Azkabam”, é outro objeto mágico que pode acabar sendo usado errado, mas voltar no tempo podia ser bem útil para se livrar daquele trabalho acumulado. Mas não se esqueça que você não pode ser visto pelo seu outro eu…

Ordem da Fênix

A Ordem da Fênix,  uma organização fundada por Alvo Dumbledore para enfrentar Lord Voldemort e seus seguidores, não é exatamente um objeto ou um feitiço, mas você tem alguma dúvida de que seria muito bem vinda nos dias difíceis de hoje? Talvez devêssemos criar nossa própria Armada de Dumbledore!

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: