fbpx

Nove pontos internos e externos para adotar monitoria para concursos como ferramenta

Dúvida comum entre os concurseiros, muitas pessoas se perguntam se há necessidade de adquirir recursos que aumentem o desempenho nos estudos, como o serviço de monitoria, por exemplo. Essa é uma dúvida que persiste na cabeça de diversas pessoas que se aventuram nessa maratona. Para muitos estudantes é o pulo do gato na jornada de concurseiro.

É possível descobrir como funcionaria, mas elencar pontos fortes e fracos para analisar na hora de contratar o serviço de monitor para os estudos.

Mas antes de anunciar algumas circunstâncias, um resumo sobre do que trata a monitoria para concursos.

Nada mais é do que receber a orientação de quem está em busca — ou já conquistou — o cargo dos sonhos, onde todo concurseiro quer chegar; uma das vantagens dessa orientação é que ela proporciona uma rotina de estudos que já aprovou concurseiros. De maneira detalhada e personalizada, a orientação visa agilizar o processo até a aprovação do candidato no concurso público. 

Como por exemplo, conhecer o trabalho de um analista tributário da Receita Federal através da experiência do próprio profissional.  

É fundamental fazer uma autoanálise para contratar os serviços de um profissional que compactue com os mesmos objetivos do contratante. Neste ponto, é possível analisar as alternativas: 

  1. Se o concurseiro está no início e não sabe por onde começar;

O primeiro passo é sempre dificultoso. Pairam algumas dúvidas em relação a prioridades: escolher estudar primeiro matérias gerais ou específicas, é um exemplo disso.

  1. Acha que os estudos não estão rendendo bem;

Cada um possui um método de estudo e rendimento, porém encontrá-lo requer um pouco de experiência.

  1. Se já tentou muitas vezes e está perdido;

A dificuldade de motivação para recomeçar pode ser um gatilho negativo nesses casos. Mas se o concurseiro começou uma primeira vez, a segunda pode ser fichinha com um empurrãozinho. 

  1. Se acha que está estudando errado;

Isso pode parecer estranho. Mas há métodos de estudos que mais atrapalham do que ajudam. É importante descobrir se esse o que o estudante está utilizando é realmente eficaz.

Nesse jogo a experiência do monitor é a chave.

Parte do processo foi alcançado, porém há mais uma tarefa para concluir o processo de monitoria. Em mais 5 pontos, é possível avaliar aspectos externos para considerar adotar o recurso.

  1. Ensinamentos de alguém mais experiente

A primeira possibilidade é o compartilhamento da vivência na carreira. O que permite uma noção do funcionamento do local de trabalho e entender o dia a dia da área, se é a que de fato o ambiente que o concurseiro deseja.

   2. O que não pode ficar de fora do plano de estudo

O dever do concurseiro é dominar todo conteúdo do edital uma tarefa bastante árdua. A experiência ensina a interpretar os editais e acompanhar que há o peso de cobrança das matérias que caem na prova e isso precisa basear o planejamento de estudos. 

  3. Como procurar um profissional sério

Pesquisar, se informar, buscar referências sobre a metodologia, descobrir se o monitor está realmente comprometido com a aprovação do monitorado, entender a grande carga que está em jogo para o aluno. O orçamento é importante e o monitorado precisa perceber se está dentro das possibilidades financeiras, afinal, investimento precisa ser aplicado com cautela.

  4. O monitor precisa ter larga experiência e focar em resultados

Sendo a experiência um guia, o monitorado irá beber da mesma água que o mentor no caminho para o serviço público, porém obedecendo individualidades. A programação da rotina e atividades, a base voltada 100% para o cargo almejado.

  5. Concorrência das áreas fiscais, controle e controladorias

“Não se faz mais concurso como antigamente”, nunca fez tanto sentido. Atualmente o ranking das médias estão cada vez mais elevados, especialmente pelo grande número de pessoas buscando a estabilidade no serviço público em virtude das dificuldades enfrentadas no mercado de trabalho.

E as áreas fiscais e de controle propõem benefícios desejados e ótimas condições de trabalho. Com gratificações, progressão de carreira e salários bem atrativos, o que requer uma jornada intensa, disciplina e persistência para conquistar o objetivo.

Website: http://www.silviosande.com.br

DINO
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

  • separator

Fonte: Google News

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!