Novidades: Novo certame ainda em 2018!

Atenção concurseiros que aguardam o novo concurso público do Ministério do Trabalho!

No dia 17 de julho de 2018, o Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho) teve a sua primeira reunião com o novo Ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello.

Durante a reunião foram apresentadas as questões prioritárias da categoria, entre as demandas encontra-se a realização de concurso para o Ministério do Trabalho, na carreira de Auditor-Fiscal.

Déficit de servidores

Segundo dados do Sinait, o órgão possui mais de 1.300 cargos vagos e cerca de 500 Auditores em condições de se aposentar.

O presidente do sindicato, Carlos Silva, ressaltou que “não há fiscalização sem fiscais” ressaltando que muitas unidades do Ministério do Trabalho estão “estranguladas” devido à falta de pessoal.

Previsão do edital

O Sinait considerou que há espaço para tentar uma autorização de concurso ainda em 2018, utilizando o residual do orçamento. Ainda segundo o sindicato, esta opção para a realização foi apresentada ao Ministro do Trabalho, para que ele se empenhe pessoalmente junto ao governo para conseguir a autorização.

Além disso, o Sinait comentou ainda sobre a promessa do Ministério do Planejamento não cumprida e a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2019, que não prevê concurso para Auditoria-Fiscal do Trabalho.

O novo ministro, por sua vez, se comprometeu a avaliar a situação e buscar uma solução, reconhecendo que a situação é grave.

Último pedido de concurso Ministério do Trabalho

O último pedido de certame foi encaminhado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão em junho de 2018. A solicitação é para a abertura de 2.595 vagas distribuídas em diversos cargos com exigência de níveis médio e superior.

Deste total, 1.163 vagas seriam para o cargo de Agente Administrativo (nível médio), com salário inicial de R$ 3.881,97, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458,00.

As demais oportunidades (1.432 vagas) seriam para candidatos de nível superior, sendo 1.190 para a função de Auditor-Fiscal do Trabalho, 85 para Administrador, 34 para Arquivista, 54 para Contador, 05 para Engenheiro, 05 para Estatístico, 03 para Sociólogo, 26 para Psicólogo, 10 para Técnico em Assuntos Educacionais, 10 para Técnico em Comunicação Social e 12 para Economista.

Os salários oferecidos para esses cargos são de até R$ 16.201,64, contando com o benefício de alimentação.

Nova Concursos tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!



Fonte: Nova Concursos

Baixe o material deste concurso

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: