Novidades! – Refeição a bordo. Por: Elias Santana

Neste exato momento, estou dentro do avião, indo de Brasília a Florianópolis. Diante dos meus olhos, vejo um panfleto da companhia aérea com este texto: refeição a bordo. No mesmo instante, pensei: eis um excelente assunto para o artigo desta semana!

Note que a frase foi empregada sem a presença do acento grave – e está correta! A expressão “a bordo” funciona como uma locução adjetiva subordinada ao substantivo “refeição”. Devido ao fato de “bordo” ser uma palavra masculina, o emprego do sinal indicativo de crase é proibido. Pelo mesmo motivo, não se emprega crase em expressões como frango a passarinho ou compra a prazo.

Diferente seria se o texto fosse refeição à mesa, por exemplo. A locução, agora, tem como núcleo um substantivo feminino. E a gramática é clara: a fim de evitar quaisquer possíveis ambiguidades, em locuções femininas, o emprego do acento grave é obrigatório. Isso justifica a ocorrência de crase em frases como jantar à luz de velas ou compra à vista.

É preciso, todavia, tomar cuidado com as expressões em que é possível inferir à moda de ou à maneira de. Nesses casos, o emprego do acento grave passa a ser obrigatório, mesmo que o núcleo da locução seja masculino. É isso que justifica a presença da crase em uma jogada à CR7 ou uma galinhada à Goiás. Para que não haja confusões, dou uma dica: essas expressões só estão implícitas quando o núcleo da locução faz referência a uma pessoa ou lugar!

Portanto, não se confunda: sempre é preciso verificar o núcleo das locuções (adjetivas, adverbiais, prepositivas ou conjuntivas) encabeçadas pela preposição a: se for masculino, nada de crase; se for feminino, crase obrigatória! Porém, se as expressões à moda de ou à maneira de estiverem implícitas, o uso do acento grave passa a ser obrigatório, independentemente do gênero do núcleo!

Uma última observação: nas locuções, a preposição não aparece devido a uma relação de regência. Isso significa dizer, em termos populares, que nenhum outro termo pede a preposição.

Vou continuar meu voo! Bons estudos!


Elias Santana

Licenciado em Letras – Língua Portuguesa e Respectiva Literatura – pela Universidade de Brasília. Possui mestrado pela mesma instituição, na área de concentração “Gramática – Teoria e Análise”, com enfoque em ensino de gramática. Foi servidor da Secretaria de Educação do DF, além de professor em vários colégios e cursos preparatórios. Ministra aulas de gramática, redação discursiva e interpretação de textos. Ademais, é escritor, com uma obra literária já publicada. Por essa razão, recebeu Moção de Louvor da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

 


Estudando para concursos públicos? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação em concursos públicos.
Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros!

conheca-a-garantia-de-satisfacao-do-gran-cursos-online/”>garantia-de-satisfacao-30






http://platform..com/widgets.js(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src = “http://connect..net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect..net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=1631300843807094”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘-jssdk’));

Crédito:

Gran Cursos Online

Faça o download do material agora!

Deixe uma resposta