Novo doc de Michael Jackson mostra imagens ‘creepy’ do quarto onde o rei do pop foi encontrado morto – Notas – Glamurama

Michael Jackson // Getty Images

Depois de ‘Neverland’, o documentário da HBO sobre os abusos que o músico Michael Jackson teria provocado durante anos contra crianças, acaba de estrear um novo doc sobre o popstar. Neste projeto são mostradas imagens exclusivas do quarto em que Michael Jackson foi encontrado morto, em 25 de junho de 2009, onde havia rascunhos, pedaços de papel, imagens de anúncios com bebês e uma boneca. Creepy!

Quarto de Michael Jackson onde ele foi encontrado morto // Reprodução

Em “Killing Michael Jackson”, centrado nas circunstâncias em torno da morte do Rei do Pop, os três detetives envolvidos na investigação revelaram o que encontraram no quarto do músico.

Orlando Martinez, Dan Myers e Scott Smith afirmam que havia “notas escritas em post-its, pedaços de papel colados nas paredes, nos espelhos e nas portas do quarto com pequenos slogans ou frases”. “Não sei se eram letras ou pensamentos. Alguns pareciam poemas”, disse Martinez.

Às vésperas de iniciar uma mega-turnê, aquele quarto em Neverland seria onde o astro estaria fazendo tratamento para superar as dores crônicas que sentia. Mas segundo o detetive Orlando Martinez, o local “não parecia apropriado para qualquer tipo de tratamento”. Foi encontrado um saco de medicamentos usado por Jackson, como o propofol. “Encontramos todo o tipo de lixo. Agulhas, garrafas vazias…”.

Michael Jackson foi encontrado morto em junho de 2009. A sua morte foi atribuída ao consumo excessivo do anestésico propofol receitado e aplicado pelo seu médico particular, Conrad Murray, que cumpriu dois anos de prisão por homicídio involuntário do cantor.

 

Quarto de Michael Jackson após sua morte // Reprodução

Play para conferir o trailer de Killing Michael Jackson:

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: