fbpx

o que é, como criar, classificações e cobrança em provas

Olá, queridas e queridos! Como estão? Nosso artigo trará uma análise e contextualização sobre um gênero textual bastante em alta na atualidade: resenha.

O que é

Resenha é um gênero textual que objetiva analisar outra obra distinta. Essa obra pode ser um texto, filme, peça de teatro, álbum musical e quaisquer outras formas de expressão artística, literária e também sobre algum assunto específico. Na resenha, o autor propõe a construção de relações entre características e propriedades da obra/objeto analisado.

Também é comum que a resenha traga uma enumeração de aspectos da outra obra que são considerados relevantes e importantes. Em suma, trata-se de um gênero textual que descreve e/ou analisa um outro objeto.

É muito comum encontrarmos resenhas sobre livros e textos. Além da evidenciação de aspectos importantes desse livro/texto, esse tipo de texto também deve apresentar informações adicionais a um mero resumo da obra.

Tipos de Resenha

Dois tipos de resenha são os mais difundidos.

Tipos de Resenha: descritiva e crítica

Descritiva

O estilo descritivo de resenha possui o foco na descrição sobre objeto apresentado. É muito comum que a resenha descritiva seja confundida com um resumo. Trata-se de uma composição informativa e não há espaços para opiniões.

Crítica ou Opinativa

Quando pensamos em resenha, normalmente estamos nos referindo às resenhas críticas. Nesse estilo, além da evidenciação das principais características, elementos e propriedades do objeto analisado, o autor também apresenta teses e opiniões.

Por essa característica de apresentar concepções, pontos de vista e posições do autor, é classificada com um informativo-argumentativo. Vale notar que, a partir do momento em que opiniões são expressas pelo autor, também é necessária que sejam defendidas com argumentos válidos.

Resumo x Resenha

Não é raro que exista uma confusão entre resumo e resenha. Inclusive, acreditamos que isso seja bastante natural, pela grande similaridade presente. Iremos apresentar as características principais de ambos, buscando evidenciar diferenças e semelhanças de forma mais clara.

Resumo

Trata-se de um gênero de textos que possui o objetivo de retirar apenas as informações mais relevantes de um objeto, seja um texto, livro, filme. No resumo, não é possível que informações adicionais, que não estejam no objeto a ser resumido, sejam adicionadas.

Essa é a característica que mais distingue o resumo. Isso acontece porque, mesmo no caso da resenha descritiva, é possível que o autor adicione detalhes que não estão presentes na obra/objeto analisado.

Resenha

Gênero que traz uma combinação entre resumo e informações adicionais de caráter analítico e/ou opinativo. Dentro de uma resenha, sempre haverá um resumo: a evidenciação das informações mais importantes sobre o objeto analisado.

Acontece que, na resenha, as informações apresentadas guiam também a opinião que será emitida. Portanto, há um resumo na resenha, porém, ele pode não ser tão objetivo quanto um resumo propriamente dito. Isso pode acontecer pela possibilidade de as informações presentes no resumo também servirem como uma introdução às teses formuladas no texto.

Opinião x objetividade

Há certa controvérsia em relação à presença de opinião em resenhas. Enquanto algumas fontes defendem que a opinião é indissociável a uma resenha crítica, outras argumentam que o ponto de vista do autor não deve interferir no texto criado.

Acreditamos que a discussão seja válida. Pelo fato da resenha crítica possuir, necessariamente, teses, acreditamos que o ponto de vista daquele que escreve deve, sim, mostrar-se presente no texto. Faz-se necessário que, mesmo sendo um ponto de vista pessoal, haja certa objetividade na maneira de demonstrá-lo.

A ideia não é que a resenha seja uma opinião por si só, porém, um gênero textual por meio do qual ela seja expressa. Tal gênero possui características e uma estrutura a ser seguida. Utilizar-se dessa estrutura e emitir uma opinião dentro desta aparenta ser o consenso mais palpável em relação à definição de resenha crítica.  

Passo a passo para escrever uma resenha

É necessário tomar alguns cuidados e seguir alguns procedimentos para escrever uma resenha de qualidade. Elencamos alguns passos que acreditamos serem essenciais no processo de produção da resenha.

  1. Ter um contato bastante cuidadoso e atencioso com o objeto que será analisado. Seja um texto, filme ou livro: é importante consumi-lo de maneira criteriosa. Além disso, é usual que seja necessário assistir ou ler o objeto analisado mais de uma vez.
  2. Após o primeiro contato, é interessante que os contatos posteriores sejam realizados já com o objetivo de apontar os pontos principais que estarão presentes na resenha. Num texto, é possível grifá-lo e comentá-lo. Para uma arte visual, é possível assisti-la e realizar anotações durante esse processo.
  3. Utilizar as anotações que foram criadas enquanto se consumia o objeto para criar um resumo bastante criterioso. Lembrando que é importante que o resumo traga as informações mais importantes sobre o objeto.  
  4. Construir os comentários e apontamentos que serão realizados em relação ao objeto. Tais apontamentos irão variar dependendo do estilo da resenha: descritiva ou crítica. Tais apontamentos serão mais opinativos quando se tratar de uma resenha crítica.
  5. Revisar o texto, verificando se todos as informações mais importantes do objeto foram evidenciadas. Também é importante que os apontamentos estejam alinhados com a opinião do autor.

Resenha em concursos públicos

Trazendo esse gênero para a esfera dos concursos públicos, não é comum que esse seja um estilo demandado nas provas discursivas. O mais usual é que as redações, cobradas nos concursos, possuam formato dissertativo. Isso acontece porque a avaliação de uma resenha é muito mais subjetiva e dificultada do que a de uma dissertação.

Na dissertação, avalia-se, além dos aspectos gramaticais, a capacidade de argumentação do candidato. Por outro lado, seria bastante complicado realizar uma avaliação comparativa com a resenha. Os aspectos linguísticos e gramaticais poderiam ser avaliados, porém, como se trata de uma opinião, não haveria possibilidade de uma avaliação, que possui o intuito de gerar uma nota utilizada na classificação dos candidatos, sobre a opinião daquele que a escreveu.

Apesar dos candidatos não possuírem a necessidade de escrever uma resenha, ela costuma estar presente nas provas de português. Não é incomum encontrar um exemplo desse tipo textual, seja descritiva ou crítica, como um dos textos-base para questões interpretativas e gramaticais. Inclusive, é importante que o candidato consiga classificar esse gênero textual, já que tal classificação pode ser alvo de questões.

Conclusão

Esperamos que nossa explicação sobre a resenha tenha sido clara, objetiva e tenha trazido esclarecimentos sobre o tema. Desejo ótimos estudos a todos e um grande abraço!

https://www.youtube.com/watch?v=unRV0gRgtLU

Cursos de Português 

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!