fbpx

O’Ward põe McLaren na frente em dia de testes em Laguna Seca. Grosjean é terceiro

Pato O’Ward foi o mais rápido da sessão privada de testes da Indy em Laguna Seca

Foto: McLaren SP / Grande Prêmio

Com quatro equipes e oito pilotos, a Indy realizou, na última segunda-feira (1), mais uma sessão de testes privados visando a abertura da temporada 2021, marcada para 18 de abril em Barber, no Alabama. O tradicional circuito de Laguna Seca, em Monterey, na Califórnia, foi palco do início dos trabalhos de pista em maio, que teve a presença dos veteranos Helio Castroneves e Juan Pablo Montoya, do novo piloto da Indy, Romain Grosjean, e que foi liderada por Pato O’Ward. Em sua melhor passagem, o mexicano cravou 1min11s29 com o carro #5 da McLaren.

Mas o grande protagonista da segunda-feira em Laguna Seca foi o caminhão responsável pelo transporte de combustível. Pela manhã, o veículo com os galões de etanol E85 atrasou, gerando grande incerteza para as equipes que participaram do teste. Havia alguma reserva de combustível, o que levou os times a determinar um limite de 38 voltas por carro, o mínimo para um primeiro período de testes, mas pouco antes do almoço o caminhão enfim aportou no circuito californiano. As informações são da revista norte-americana Racer.

Pato O’Ward foi o mais rápido da sessão privada de testes da Indy em Laguna Seca (Foto: McLaren SP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Além da performance de O’Ward, é digno de nota o desempenho dos dois pilotos da Dale Coyne. Ed Jones, de volta à Indy e a bordo do carro #18, foi o segundo mais rápido e cravou 1min11s53, ficando ligeiramente à frente do seu novo companheiro de equipe. Romain Grosjean, que vai estrear na categoria nesta temporada com o Dallara-Honda #51 da Dale Coyne em parceria com a Rick Ware Racing, anotou 1min11s57. O franco-suíço chegou a liderar a sessão em um momento durante a tarde antes de ter sido superado por O’Ward e Jones.

A McLaren foi a única equipe que colocou três carros na pista. Felix Rosenqvist, novo piloto da equipe e substituto de Oliver Askew, foi o quarto mais rápido e aferiu como melhor tempo 1min11s60 a bordo do carro #7.

Montoya, que vai representar a McLaren nas 500 Milhas de Indianápolis, acelerou com o modelo laranja e preto de numeral #66, mas dedicou a maior parte do tempo a testes aerodinâmicos com o carro, fazendo uso de sensores, comuns a testes que são feitos na Fórmula 1. O colombiano virou 1min12s22 na sua volta mais rápida.

Juan Pablo Montoya pilotou o carro #66 da McLaren e dedicou boa parte do dia a testes aerodinâmicos (Foto: McLaren SP)

Jack Harvey, com o carro #60 da Meyer Shank Racing, registrou 1min11s69 e foi o quinto mais rápido, seguido pelo holandês Rinus VeeKay, da Ed Carpenter, sendo 0s11 mais lento que o norte-americano. Helio Castroneves, com o Dallara-Chevrolet #06 da Meyer Shank, completou a tabela de tempos na oitava colocação com 1min12s81.

Ao longo do dia, os dois carros da MSR ficaram boa parte do tempo no pit-lane em razão de mudanças constantes em partes dos bólidos que foram testadas em Laguna Seca.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:

Veja também:

Os segredos da Red Bull para bater a Mercedes

Grande Prêmio

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais