fbpx

Palmeiras e Fluminense. Fracassos históricos no domingo da Globo… – Prisma

A conquista da Libertadores de 1999  e o Brasileiro de 2012 não conseguiram nem dez pontos de audiência. Assustadora a audiência dos jogos ontem

Fluminense Fred, Palmeiras Libertadores, Globo, Globo Palmeiras, Globo Fluminense



São Paulo, Brasil


Fred já falhou na sua primeira missão.


A diretoria do Fluminense já havia acertado o retorno do atacante de 36 anos há pelo menos um mês.


Com a pandemia, sem futebol no Brasil, os dirigentes esperavam uma data propícia para anunciar sua contratação, por dois anos.


Resolveram juntar o festival de replays que a Globo está mostrando, para tentar compensar os patrocinadores do futebol 2020, que se comprometeram a pagar R$ 1,8 bilhão: Ambev, Casas Bahia, Chevrolet, Hypera Pharma, Itaú e Vivo.


E anunciar oficialmente o retorno de Fred.


Foi o que aconteceu neste domingo, antes da reapresentação da vitória do Fluminense sobre o Palmeiras por 3 a 2, que garantiu o título brasileiro de 2012.


A expectativa da Globo é que o ídolo despertasse a vontade do torcedor de ver de novo o ídolo, na sua última grande festa. 


Fred, do seu lado, tentou ajudar.


Foi o convidado especial do videotape.


E avisou que, para pagar promessa pela volta às Laranjeiras, irá de Belo Horizonte ao Rio de Janeiro de bicicleta. Doará uma cesta básica por quilômetro. São 600 prometidas.


Mas nada disso comoveu a audiência.


No Rio de Janeiro, a Globo amargou neste domingo, no horário nobre do futebol, domingo às 16 horas, apenas 9,5 pontos.


Em São Paulo, a única conquista do Palmeiras da Libertadores foi também um fracasso. 


A vitória do time de Felipão, nos pênaltis, não mobilizou torcedores.


Os afugentou.


A partida diante do Deportivo Cali ficou apenas nos 9 pontos.


São Paulo é a principal praça, cidade mais rica da América Latina.


Situação constrangedora para a emissora carioca.


Foram fracassos históricos.


Tanto em São Paulo quanto no Rio.


Menos de dez pontos.


A ideia de reprisar velhas partidas segue cada vez mais infeliz.


A emissora tem de cumprir sua promessa de agradar as quatro maiores torcidas do Rio e São Paulo.


No próximo domingo, novo naufrágio marcado.


Os cariocas verão o Botafogo vencendo o Brasileiro de 1995, contra o Santos.


E o Santos, com Neymar, conquistando a Libertadores de 2011.


Certeza de números outra vez baixos.


Mas não há como recuar.


Para desespero dos executivos globais, o Campeonato Carioca não deve voltar em junho, como esperavam. 


A indecisão domina.


Ainda vão decidir o que mostrar no domingo dia 14.


O melhor seria voltar para os filmes.


Mas e os patrocinadores do futebol?


Pergunta difícil de responder…

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!