Papa manifesta “imensa tristeza” com foto de imigrantes afogados

O papa Francisco manifestou grande tristeza em ver uma foto de um homem de El Salvador e de sua filha de pouco menos de 2 anos mortos, de bruços, no Rio Grande, depois de tentarem atravessar o rio na fronteira do México com os Estados Unidos, disse o Vaticano nesta quarta-feira.

Papa Francisco em Roma 23/06/2019 REUTERS/Yara Nardi

Foto: Reuters

A foto de Óscar Alberto Martínez Ramírez e de sua filha Valeria se tornou viral nas redes sociais nos EUA e gerou renovado debate sobre a difícil situação de refugiados e imigrantes oriundos da América Central.

“Com imensa tristeza, o Santo Padre viu as imagens do pai e de sua filha bebê que se afogaram no Rio Grande”, disse o porta-voz do Vaticano, Alessandro Gisotti.

“O papa está profundamente entristecido com a morte deles e está rezando por eles e por todos os imigrantes que perderam suas vidas na tentativa de fugir da guerra e da miséria.”

O jornal The New York Times classificou a foto como “retrato do desespero” e disse que a imagem pode galvanizar atenção similar à obtida pela foto do menino sírio refugiado Alan Kurdi, que se afogou no Mediterrâneo e cujo corpo foi levado a uma praia turca em 2015.

O jornal do Vaticano L’Osservatore Romano colocou a foto em sua primeira página.

Francisco, que nasceu na Argentina depois de sua família emigrar da Itália, tem feito da defesa dos imigrantes e refugiados um pilar de seu pontificado e tem constantemente entrado em confronto com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por causa de sua política de imigração.

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: