Paul McCartney pede fim do uso de cachorros em laboratório de universidade do Texas


O cantor Paul McCartney pediu publicamente a uma universidade do Texas que pusesse fim ao uso de cachorros em testes de laboratório, informou a rede CNN.

Em uma carta publicada pela PETA – Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais – onde McCartney é um membro ativo, o músico pediu ao reitor da Universidade do Texas A&M, Michael Young, para parar a pesquisa da distrofia muscular com cães labrador e liberá-los para serem adotados.

Sua declaração vem depois que a PETA publicou cruéis imagens que supostamente mostravam os cachorros em um laboratório da universidade, trancados em jaulas de metal.

McCartney chamou o vídeo de ‘desolador’ e repreendeu Young por ‘permitir essa crueldade’.

“Eu tenho cachorros desde criança e sempre os amei, inclusive Martha, que foi minha companheira por 15 anos e sobre quem escrevi a música ‘Martha my Dear'”.

Kelly Brown, porta-voz da Universidade, disse que a escola não pode fazer comentários.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.7”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: PORTAL O FUXICO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: