fbpx

PayPal bloqueia conta de Olavo de Carvalho por disseminação de fake news e discurso de ódio

SÃO PAULO – A plataforma de pagamentos online PayPal bloqueou a conta de Olavo de Carvalho, escritor ligado ao governo Bolsonaro. A decisão foi tomada pela matriz americana e está relacionada a propagação de fake news e discurso de ódio, o que vai contra os termos de uso do PayPal.

Em um post em sua página oficial do Facebook, Olavo de Carvalho confirmou que sua conta na plataforma havia sido bloqueada e insinuou que “comunistas” estariam por trás da decisão.

Olavo de Carvalho, conhecido por ser o guru ideológico do presidente Jair Bolsonaro, utilizava a plataforma para vender cursos de filosofia e receber doações financeiras de apoiadores.

O escritor tem sido alvo de denúncias da filial brasileira do Sleeping Giants, um coletivo de ativistas digitais que combate fake news e discursos de ódio na internet.

A organização pressiona empresas que mantenham vínculos com páginas e perfis conhecidos pela propagação de fake news para que contratos e acessos sejam bloqueados.

No começo de julho, a organização postou um tuíte mencionando o PayPal e o Pagseguro, plataforma brasileira de pagamentos online também utilizada pelo escritor, no qual reproduzia um vídeo em que Olavo de Carvalho divulga uma série de informações falsas sobre a pandemia do novo coronavírus.

No vídeo, o filósofo chega a afirmar que não há nenhum caso confirmado de morte por coronavírus no mundo e diz que a pandemia seria “a mais vasta manipulação de opinião pública que já aconteceu na história humana”.

O InfoMoney entrou em contato com o PayPal para saber a posição oficial da plataforma e confirmar a informação. Segundo a assessoria de imprensa brasileira do serviço, eles ainda estão aguardando um posicionamento oficial da matriz americana para comentarem o assunto.

Pelo fato da conta do filósofo ser americana – Olavo de Carvalho mora na Virginia, nos EUA -, o cancelamento partiu da matriz dos EUA.

Confira abaixo, na íntegra, o posicionamento oficial do PayPal:

Como sempre, temos o compromisso de revisar diligentemente qualquer usuário do PayPal para garantir que nossos serviços sejam utilizados de acordo com nossa política de uso aceitável. O PayPal avalia cada situação de forma independente e com base em nossos próprios processos de revisão e análise interna. Embora não possamos fornecer detalhes sobre contas de clientes de acordo com a política da empresa, se tomarmos conhecimento de atividades que violam a política, tomaremos as medidas apropriadas. 

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!