fbpx

Pequim Cria Zona Piloto de Livre Comércio para Abrir Ainda Mais o Setor de Serviços

O governo central da China apoiará Pequim na criação de uma zona piloto de livre comércio caracterizando a inovação científica e tecnológica, a abertura do setor de serviços e a economia digital.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20200905005009/pt/

A decisão foi anunciada na abertura da Feira Internacional de Comércio em Serviços da China 2020 (CIFTIS), em Pequim, na sexta-feira.

“Vamos apoiar a municipalidade no desenvolvimento de uma zona de demonstração nacional integrada para maior abertura no setor de serviços. Isto permitirá que Pequim dê passos maiores e mais ousados como pioneira e ganhe mais experiência que seria replicável e escalonável”, disse o presidente chinês Xi Jinping enquanto discursava por vídeo na Conferência Global de Comércio em Serviços da CIFTIS.

A nova zona servirá como uma plataforma de abertura de alto padrão ao desenvolvimento coordenado da região de Pequim-Tianjin-Hebei e abrirá novos horizontes para reformas e abertura em um nível superior, acrescentou Xi.

CIFTIS é o primeiro grande evento econômico e comercial internacional realizado tanto online quanto offline pela China desde o surto de COVID-19.

Ambiente aberto e inclusivo para cooperação

Em seu discurso, Xi pediu esforços conjuntos para promover um ambiente aberto e inclusivo para cooperação, dizendo que o mundo está passando por profundas mudanças não vistas em um século e que a pandemia de COVID-19 está acelerando estas mudanças.

O presidente disse que o setor de serviços é único, pois é leve em ativos, mas pesado em fatores leves de produção.

“Como tal, requer, mais do que outros setores, um ambiente aberto, transparente, inclusivo e não discriminatório para que as empresas cresçam”, enfatizou, apelando a esforços concertados de todos os países para reduzir as barreiras fronteiriças e além das fronteiras, que constrangem o fluxo de fatores de produção, e promover a conectividade transfronteiriça.

“Continuaremos a trabalhar em um sistema de lista negativa para gerenciar o comércio de serviços transfronteiriço”, observou ele. “Vamos desenvolver plataformas abertas para o programa piloto de desenvolvimento inovador do setor de serviços. Facilitaremos ainda mais o acesso ao mercado para o setor de serviços e tomaremos mais iniciativas para aumentar as importações de serviços de qualidade.”

Poder de inovação

Xi solicitou esforços conjuntos para liberar o poder de inovação e impulsionar a cooperação.

“Precisamos nos adaptaràtendência de crescimento digital inteligente, baseado na Internet, e juntos eliminar a ‘exclusão digital’ bem como avançar na digitalização do comércio em serviços”, disse ele.

“A China continuará a construir bases para exportar serviços em destaque e a desenvolver novas formas e modelos de negócios no comércio em serviços. A China trabalhará com outros países para melhorar a coordenação de políticas macro, acelerar a cooperação internacional no setor digital, intensificar a proteçãoàpropriedade intelectual, além de facilitar o crescimento vibrante da economia digital e da economia do compartilhamento”, acrescentou Xi, observando que tais esforços irão gerar um dinamismo renovado para a economia mundial.

Faça o ‘bolo’ maior

O presidente Xi também enfatizou a importância de promover a cooperação mutuamente benéfica, dizendo que tratar uns aos outros com sinceridade e buscar benefícios compartilhados é a chave para as relações entre estados no mundo de hoje.

“Os países precisam criar uma maior sinergia no crescimento de seu comércio em serviços, buscar novos caminhos e mais áreas de cooperação bem como buscar interesses convergentes mais amplos possíveis a fim de tornar o ‘bolo’ cada vez maior.”

A China usará o CIFTIS e outras plataformas, como a ‘China International Import Expo’, para promover a troca de políticas e compartilhar experiências, além de fomentar diversas parcerias com governos estrangeiros, organizações internacionais, associações empresariais e empresas, acrescentou Xi.

“A China apoia o estabelecimento de uma aliança mundial para o comércio em serviços. Esperamos ver mais frutos de nossa cooperação prática, para que as pessoas em diferentes países se beneficiem de um crescente comércio em serviços.”

Artigo original: https://news.cgtn.com/news/2020-09-04/CIFTIS-2020-Global-Trade-in-Services-Summit-starts-in-Beijing-Tw02PUvgys/index.html

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20200905005009/pt/

Videos:

Contato:

Mídia:

Jiang Simin

jiang.simin@cgtn.com

+86 18826553286

Fonte:

BUSINESS WIRE

Veja também:

A história de superação e amor de Shaaba e Jamie

DINO
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!