fbpx

Pianista de 11 anos do ES vence 5 concursos de música pelo mundo

O pianista e estudante Estevão Medeiros Gomes, de 11 anos, de Vitória (ES). Crédito: Arquivo pessoal

De agosto de 2019 para cá, o estudante e pianista Estevão Medeiros Gomes, de 11 anos, não parou de participar de concursos nacionais e mundiais de música. Na ocasião, o menino venceu a categoria de sua idade de competição que aconteceu em Campinas, em São Paulo. “Mas não fico muito nervoso, não”, brinca ele, em entrevista ao Divirta-se. Agora, ele já tem quatro troféus de primeiro lugar e um de terceiro para chamar de seus. 

O capixaba, que começou a estudar piano aos 8 anos de idade, se preparou em pouco mais de um ano e meio para o primeiro concurso, mas sempre foi apaixonado por música clássica e piano. Apesar de ter começado as aulas por vontade da mãe, Cristina Medeiros Gomes, em pouco tempo, ele tomou gosto pela arte e agora quer segui-la profissionalmente. “Gosto muito de Chopin, Verdi… Agora estou aprendendo um estudo de Moszkowski”, adianta.

Estevão Medeiros Gomes

Pianista e estudante

“Meu maior sonho é ser concertista. Pretendo fazer da música a minha profissão”

Além da competição em São Paulo, Estevão também participou de concursos na Colômbia, Grécia, Portugal e Finlândia. Os mais recentes – como o de Portugal e da Finlândia – foram realizados de forma virtual por vídeos gravados ou videoconferências devido à pandemia do novo coronavírus.

“Acho que o nervosismo é o mesmo nos dois jeitos, mas ele se empenha muito quando participa desses concursos. E as versões on-line ajudam no sentido de que não temos gasto para ir até o concurso, o que já é uma facilidade para poder proporcionar essa experiência para ele”, fala Cristina.

Das versões presenciais, o que Estevão mais gosta, como confidencia à reportagem, é do contato com outros pianistas. Em alguns concursos, chegam a participar centenas de profissionais e amadores que têm oportunidade de conhecerem os trabalhos uns dos outros e realizar a troca de conhecimento. “É como se fosse uma grande audição. Todos se reúnem e competem de acordo com suas modalidades”, explica Estevão.

DEDICAÇÃO

Na opinião da professora de piano Janne Gonçalves, que é quem prepara Estevão atualmente, esse contato é, inclusive, o fator que mais colabora para o menino querer mais e mais. “Os alunos estudam, 2, 3, 4, até 6 horas por dia em temporada de concurso. Fazer parte daquilo, mesmo sem ganhar, é uma vitória”, fala.

Antes de se manter isolado pelo surto da Covid-19, Estevão mantinha horários para conciliar os estudos regulares com a música, mas, segundo ele, isso nunca foi problema. “Dividia o dia e dava tempo de tudo. No piano, chego a estudar seis horas por dia entre músicas e exercícios”, detalha ele. Para ter mais domínio nos arranjos eruditos, o pianista realiza, diariamente, uma série de exercícios musicais, como arpejos.

O pianista e estudante Estevão Medeiros Gomes, de 11 anos, de Vitória (ES)
 . Crédito: Arquivo pessoal
O pianista e estudante Estevão Medeiros Gomes, de 11 anos, de Vitória (ES)
 . Crédito: Arquivo pessoal

“Os concursos, no geral, são muito difíceis. Quem mexe com a música erudita já tem um preparo, não é para qualquer um. O nível é alto, tem que ir muito bem preparado. E tem a questão emocional. É todo um trabalho de motivação, auto-estima… É como se fosse preparar um atleta”, completa a professora.

Silvânia Saadi, que dá aulas de piano e teclado há mais de 30 anos em Vitória, também avalia que o primeiro passo é identificar o gosto do aluno. Depois dessa etapa, o importante é guia-lo de acordo com o repertório que ele goste de treinar para a apresentação.

“Todo ano faço um evento, a audição dos meus alunos, e daí eu vejo que eles têm que tocar o que gostam. Quando tem que ser feito um preparo para um concurso, por exemplo, o aluno vai ficar semanas, meses, repetindo a música e treinando repetidamente. Ele tem que gostar daquilo para conseguir ter o melhor desempenho possível”, opina Silvânia.

O pianista e estudante Estevão Medeiros Gomes, de 11 anos, de Vitória (ES)
 . Crédito: Arquivo pessoal

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!