Planeta Fome: por que alfinetes nas roupas são ‘coisa de Elza’ – R7 Meu Estilo


Aos 82 anos, Elza Soares inicia a turnê “Planeta Fome” no Rock in Rio 2019 e, bem antes de começar a soltar a voz, mostra por que é a cantora do milênio. A artista mostrou o figurino do disco, inspirado em sua estreia no rádio há 66 anos na rádio Tupi, no programa Calouros do desfile, de Ary Barroso.

Veja também: Elza Soares fala da perda de quatro dos seus sete filhos: “É difícil”


Em sua primeira aparição, Elza surgiu no palco carregada de alfinetes que ajustavam a única roupa que tinha para se apresentar, emprestada da mãe.  


“Hoje até a Madonna usa, mas essa moda aí fui eu que comecei viu? Alfinetes na roupa é muito meu, é coisa de Elza!”


Armada dos alfinetes, Elza subiu ao palco para tentar ganhar o prêmio e salvar a vida de João Carlos, o terceiro filho que corria o risco de perder para a fome.


Quando foi chamada ao palco do auditório, ouviu as gargalhadas de deboche de seu figurino ao que Ary perguntava de que planeta Elza vinha.


“Do mesmo planeta seu, Seu Ary. Planeta Fome”


Naquele dia, a voz de Elza calou a plateia, levou o prêmio para casa e alimentou o filho João. Mais de meio século depois, os mesmos alfinetes retornam ao figurino da cantora para espetar o racismo, a violência doméstica, o descaso e a fome que também fizeram parte de sua trajetória. Alexandre Linhares e Thifany F assinam o figurino pela Halarte Têxtil


‘Planeta fome’ será lançado no dia 13 setembro.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: