fbpx

Poliomielite é considerada erradicada na África

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou oficialmente nesta terça-feira, 25, que o continente africano está livre do poliovírus selvagem – mais conhecido como pólio – causador da paralisia infantil. É a segunda erradicação de um vírus na África desde a varíola, há 40 anos.

Poliomielite é considerada erradicada na África

Foto: Getty Images / BBC News Brasil

“Este é um marco importante para a África. Agora as futuras gerações de crianças africanas podem viver livres da poliomielite selvagem”, disse o diretor-regional da OMS na região, Matshidiso Moeti. Ele parabenizou governos, comunidades e, em especial, profissionais de saúde e vacinadores pelo feito.

O último caso do poliovírus na região foi detectado em 2016, na Nigéria. Em 1996, quando chefes de Estado se comprometeram a erradicar a doença, a poliomielite era responsável por paralisar cerca de 75 mil crianças por ano no continente.

Moeti acrescentou que é preciso manter altas as taxas de vacinação, para prevenir ressurgências do vírus selvagem. Também apontou que o continente ainda precisa lidar com o problema da forma viral derivada da vacina, chamada cVDPV2, que ocorre em locais com baixa imunização. Atualmente, 16 países africanos enfrentam surtos deste tipo de poliomielite.

O diretor-regional afirmou que a experiência adquirida com a erradicação tem ajudado a África a combater a covid-19 e outras doenças.

No mundo, 90% da população está livre do poliovírus selvagem. Paquistão e Afeganistão são os únicos dois países que continuam a registrar transmissão, com respectivamente 58 e 29 casos em 2020.

Há pouco tempo, a Nigéria aparecia nessa lista – a nação era um dos epicentros da doença até o início dos anos 2000. O conflito com o grupo fundamentalista Boko Haram, em 2009, foi um dos obstáculos às campanhas de vacinação. Os quatro casos detectados em 2016 ocorreram no Estado de Borno, foco da insurreição jihadista.

O que é o poliovírus?

Pólio é uma doença viral, aguda e contagiosa que ataca principalmente as crianças. Ataca a medula espinhal e pode causar paralisia irreversível. É transmitida de pessoa para pessoa, principalmente por contato oral-fecal, e se multiplica nos intestinos. Com menos frequência, é transmitida por comida ou água contaminada.

Não existe cura para a poliomielite, mas a doença pode ser prevenida pelo uso da vacina, que foi desenvolvida na década de 50. Até essa época, a doença era endêmica no mundo. Os países mais ricos tiveram acesso ao imunizante antes, enquanto a Ásia e a África seguiram por muito tempo como focos infecciosos. Em 1988, a OMS contabilizava 350 mil casos no mundo todo. / Com AFP

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão

Estadão

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!