fbpx

Por que os pais precisam estar de acordo quanto à educação dos filhos?

A consonância no casal é essencial para poder tomar todas as decisões da casa, que vão desde o tipo de móveis que querem para a casa até quantos filhos gostariam de ter e o tipo de dieta que desejam implementar. Certamente, os pais também precisam estar de acordo quanto à educação dos filhos.

Se você acha que pode haver uma disparidade de critérios em relação ao último tópico que citamos, este artigo será interessante para você. Descubra por que os adultos devem encontrar um meio termo entre suas posturas para garantir uma boa educação para os pequenos.

Para entender por que os pais precisam estar de acordo quanto à educação dos filhos, é essencial abordar a questão dos processos de formação e da sua relevância. Dessa forma, será possível estimar o impacto de uma possível diferença de critérios entre os pais na educação de uma criança.

O ensino de conhecimentos geralmente é feito a partir de uma figura de autoridade. Ou seja, um professor, os pais ou adultos da família, os irmãos mais velhos ou os amigos que são admirados. O processo de aprendizagem permite não apenas adquirir informações, mas também habilidades, hábitos, crenças e valores.

A partir daí, é possível inferir que, para uma criança ser educada, são várias as nuances que estão em jogo. Uma das principais noções a considerar é a de que não pode haver disparidade de pensamento entre as figuras de autoridade, de forma alguma.

Esse conceito se aplica tanto para a relação entre os pais quanto para o vínculo entre pais e professores. Se isso acontecer, a criança também vai absorver as divergências como um modo de vida ou simplesmente vai ficar desestabilizada.

As divergências em relação à educação dos filhos podem surgir inesperadamente ou com antecedência. Neste último caso, é possível que, antes mesmo do nascimento das crianças, os pais já saibam que, por razões culturais ou religiosas, haverá uma divergência de pensamentos sobre o que os pequenos devem ou não devem aprender.

Atualmente, o casamento entre pessoas de diferentes religiões ou culturas é mais frequente do que em épocas passadas. No entanto, o fato de haver diferenças nos critérios não deve ser negligenciado ou deixado ao acaso.

educação dos filhos

É recomendável que, antes do nascimento da criança, exista um consenso sobre as questões básicas da criação. Caso contrário, não apenas o pequeno pode sofrer as consequências, como também o casamento pode ser prejudicado.

Outra razão pela qual surgem divergências é quando a criança vive sob um modelo de coparentalidade. Isso ocorre quando os pais não estão mais em um relacionamento afetivo e não moram na mesma casa. Por exemplo, quando são divorciados.

Muitas vezes, como não existe mais uma proximidade entre o casal ou como há uma falta de comunicação assertiva, torna-se extremamente difícil chegar a um acordo ou até mesmo se envolver totalmente na educação dos filhos.

Depois de analisar o que o ato de educar envolve e por que surgem as divergências, é hora de indicar quais são as consequências quando os pais não estão de acordo quanto à educação dos filhos.

Desobediência

As crianças que observam discrepâncias entre os pais ou que recebem ordens diferentes em relação à sua educação, acabam cansadas. Consequentemente, elas não demonstram obediência a nenhum dos pedidos dos pais.

“Não pode haver disparidade de pensamento entre as figuras de autoridade, de forma alguma. Se isso acontecer, a criança também vai absorver as divergências como um modo de vida ou simplesmente vai ficar desestabilizada”.

As crianças começam a tomar partido

As discussões sobre a educação das crianças vão fazer com que elas tomem partido e decidam ter um “pai favorito”. Dessa maneira, um dos progenitores perde autoridade, respeito e carinho.

Problemas de aprendizagem

As crianças começam a ter problemas de aprendizagem, pois, como elas são a causa das discórdias em casa, podem se sentir estressadas e perder a motivação para cumprir com suas obrigações e seus objetivos.

educação dos filhos

educação dos filhos

Desvantagens no âmbito educacional

Quando um ou ambos os pais não estão comprometidos com a educação dos filhos, dificilmente haverá um bom relacionamento entre crianças e professores. Nesse caso, a criança pode ter perdido o devido respeito pelas figuras de autoridade. Se isso acontecer, a criança não vai receber uma resposta adequada para suas necessidades.

Como recomendação final, vale ressaltar que ter uma atitude adulta, madura e que sempre pensa nos interesses da criança é fundamental para que ela seja uma boa pessoa e, além disso, um ser humano produtivo. A união entre os adultos responsáveis ​​pela sua educação é, portanto, mais do que necessária.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!