fbpx

Poupança poderá ter maiores rendimentos se somada à inflação

A equipe econômica do atual governo está estudando encaminhar ao Congresso Nacional uma proposta que altere a rentabilidade da poupança, por meio de um projeto de lei ou por uma Medida Provisória. Entretanto, ainda não há um estudo concluído sobre o assunto ou sobre qual seria o impacto dessa mudança.

A ideia principal do Ministério da Economia é substituir a Taxa Referencial (TR) para o IPCA (índice de Preços ao Consumidor). Atualmente, o rendimento de uma poupança se dá por meio da TR, atualmente zerada, mais o somatório de 0,5% ao mês do valor acumulado. Contudo, esse rendimento é ainda menor quando a taxa básica de juros, Selic, está igual ou inferior a 8,5%. Esta é a atual situação, visto que a Selic está em 6% ao ano.

Segundo informações divulgadas pelo O Globo, a mudança faria com que a poupança tivesse rendimento equivalente a 70% da taxa Selic mais o valor da variação do IPCA. O estudo vem em veio ao fato de que mais de R$ 1,5 trilhões já foram retirados da poupança, superando o valor de depósito feito na caderneta. Com o saldo negativo, o governo começa a se preocupar devido ao uso dos recursos da poupança por diversos setores, como a construção civil e infraestrutura.

Veja também: Em qual situação é recomendado sacar ou deixar o dinheiro no FGTS?

Possíveis Impactos da Mudança

A mudança que será sugerida pelo governo poderá aumentar a rentabilidade de recursos investidos na poupança, fato que beneficia o poupador e os setor que utilizam os recursos da poupança, como o setor imobiliário. Entretanto, essa maior rentabilidade pode também prejudicar os investimentos de renda fixa.

Com isso, a poupança iria render acima das demais aplicações disponíveis no mercado, incluindo alguns títulos públicos. De acordo com um integrante da equipe econômica, todos os efeitos colaterais da proposta estão sendo estudados. Para isso, será necessário ter conversas e realizar pesquisas juntamente ao Banco Central. O órgão ainda não se manifestou acerca do assunto.

Por fim, a ideia principal da medida é ofertar um maior rendimento para o poupador, e não prejudicar o mercado financeiro brasileiro. Além disso, outra vantagem é direcionada para o setor da construção civil, que contaria com mais recursos investidos para utilizar em financiamentos imobiliários.


Fonte: Edital Concursos Brasil

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!