fbpx

Preciso declarar a poupança do dependente na minha declaração do IR?

 

Preciso declarar a poupança que está no nome do dependente na minha declaração?

Resposta de Samir Choaib* e Helena Rippel Araujo**:

Sim, ao incluir um dependente em sua declaração, o contribuinte deve estar atento ao fato de que todos os rendimentos (independentemente do valor), bens e direitos adquiridos e alienados no decorrer do ano-calendário de 202, desse dependente também deverão, obrigatoriamente, ser declarados.

A falta da declaração de rendimentos, bens e direitos do dependente é um dos casos mais comuns que levam à retenção em malha fina. Isso serve também para as dívidas, tanto em seu nome quanto no de seus dependentes, os quais deverão ter os seus saldos e eventuais pagamentos informados na declaração, inclusive as dívidas e os ônus constituídos ou extintos no decorrer do ano-calendário de 2020.

Por outro lado, fica dispensada a inclusão, na Declaração de Ajuste Anual referente ao exercício de 2021, os seguintes bens ou valores existentes em 31 de dezembro de 2020: I – saldos de contas correntes bancárias e demais aplicações financeiras cujo valor unitário não exceda R$ 140,00 (cento e quarenta reais); II – bens móveis e direitos cujo valor unitário de aquisição seja inferior a R$ 5.000,00 (cinco mil reais), exceto veículos automotores, embarcações e aeronaves; III – conjunto de ações e quotas de uma mesma empresa, negociadas ou não em bolsa de valores, e o ouro ativo financeiro cujo valor de constituição ou de aquisição seja inferior a R$ 1.000,00 (mil reais); e IV – dívidas e ônus reais cujo valor seja igual ou inferior a R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

*Samir Choaib é advogado e economista formado pela Universidade Mackenzie, pós-graduado em direito tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É sócio-fundador do escritório Choaib, Paiva e Justo, Advogados Associados, especialista em Imposto de Renda de pessoas físicas e responsável pela área de planejamento sucessório do escritório. Durante anos atuou como chairman da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos da Flórida (BACCF), em São Paulo.

**Helena Rippel Araujo é advogada especialista em Estratégias Societárias, Sucessórias e Tributação pela GVLaw/SP. Pós-graduada em Direito de Família e Sucessões pela Escola Paulista de Magistratura de São Paulo. Atua no escritório nas áreas de Planejamento Sucessório e assessoria tributária às pessoas físicas.

Como declarar investimentos no IR?
Baixe de graça um ebook que explica como declarar seus investimentos (e quais são isentos) no Imposto de Renda:

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais